Mercado abrirá em 9 h 5 min
  • BOVESPA

    121.632,92
    -168,08 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.134,93
    -60,47 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,17
    +0,08 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.803,10
    -5,80 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    40.226,87
    +808,56 (+2,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,90
    +16,00 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,55 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.206,57
    +1,88 (+0,01%)
     
  • NIKKEI

    27.817,72
    +89,62 (+0,32%)
     
  • NASDAQ

    15.164,00
    -3,75 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2057
    -0,0025 (-0,04%)
     

Veja como o Google usa IA na nuvem para combater ataques de negação de serviço

·2 minuto de leitura

O Google anunciou esta semana que vai iniciar os primeiros testes públicos de uma nova plataforma que usa o aprendizado por máquinas para detectar e evitar ataques de negação de serviço (DDoS). Oferecida para clientes corporativos, a Proteção adaptativa do Google Cloud Armor também promete proteção contra sobrecargas de HTTP e outras camadas de outra frequência.

Segundo a descrição oferecida pela empresa, sua inteligência artificial é capaz de detectar e alertas sobre atividades anômalas, gerar assinaturas descrevendo o possível ataque e criar uma regra personalizada do WAF (Web Application Firewall) para lidar com a situação. A tecnologia é a mesma que a empresa usa para proteger seus próprios sistemas, e que a ajudou a barrar ataques massivos no passado.

Imagem: Divulgação/Google
Imagem: Divulgação/Google

O Gerente de Produtor Emil Kiner explica que o problema de ataques DDoS cresceu exponencialmente com a criação de novas ferramentas e o surgimento de botnets que podem ser alugadas por atacantes. “Como os ataques podem vir de milhões de endereços IPs individuais, a triagem e a análise manuais para gerar e aplicar regras de bloqueio consomem muito tempo e recursos, permitindo que ataques de alto volume afetem os aplicativos”, explica.

Tecnologia disponível a todos por tempo limitado

A tecnologia baseada no aprendizado de máquina é capaz de detectar ataques DDoS de alta intensidade contra aplicativos e serviços da internet, diminuindo seus impactos e assegurando o tráfego de informações. A empresa afirma que a proteção adaptativa pode ser configura a partir da política de segurança de cada empresa, e que o recurso já está disponível para todos os assinantes do Google Cloud.

No entanto, o Google observa que isso só deve durar enquanto a proteção adaptativa do Google Cloud Armor estiver no período chamado por ela de “Visualização”. “Depois que a Proteção adaptativa estiver em disponibilidade geral, ela será disponibilizada apenas para clientes que assinarem o Cloud Armor Protection Plus”, observa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos