Mercado fechará em 53 mins
  • BOVESPA

    130.029,69
    +588,66 (+0,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.161,85
    -124,61 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,87
    -0,04 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.866,20
    -13,40 (-0,71%)
     
  • BTC-USD

    39.832,49
    +2.405,49 (+6,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    993,26
    +24,42 (+2,52%)
     
  • S&P500

    4.238,60
    -8,84 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    34.272,32
    -207,28 (-0,60%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.062,25
    +68,00 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1419
    -0,0507 (-0,82%)
     

Veja como foi o eclipse solar do “anel de fogo” nesta manhã

·2 minuto de leitura
Veja como foi o eclipse solar do “anel de fogo” nesta manhã
Veja como foi o eclipse solar do “anel de fogo” nesta manhã

Quem teve a sorte de estar no hemisfério norte do planeta na manhã desta quinta-feira (10) pôde observar um belíssimo fenômeno: um eclipse solar, que ficava mais belo ainda quanto mais ao norte estava o espectador.

Em grandes cidades como Chicago, Nova York, Toronto, Boston, Paris, Berlim, Estocolmo e Moscou, só para citar algumas, espectadores puderam observar a olho nu apenas um eclipse parcial, quando a Lua cobre apenas uma parte do disco solar. Foi o que aconteceu em Londres.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em outros locais o sol tomou a forma de uma crescente, com duas pontas voltadas para o céu, como no Lago Ontario, no Canadá.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) fez uma transmissão ao vivo do eclipse, e aproveitou para divulgar uma bela imagem em seu perfil no Twitter. Ainda é possível assistir a uma “reprise”, a ação começa aos 30 minutos no vídeo abaixo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mas o verdadeiro espetáculo foi reservado aos poucos que estavam do norte do Canadá ao Leste da Sibéria, passando pela Groenlândia e pelo Mar Ártico.

Leia mais:

Lá espectadores puderam observar um eclipse anular: a Lua se colocou exatamente em frente ao Sol, mas devido à sua distância da Terra não estava “grande” o suficiente para cobrir todo o astro.

O resultado foi um belíssimo “anel de fogo” no céu. Foi o que observou Vinnie Karetak, na gélida cidade de Iqaluit, nos Territórios Norte do Canadá.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Se você não pôde acompanhar o eclipse em uma das muitas transmissões online, não se preocupe. O site Space.com fez um compilado com os melhores momentos, que pode ser visto abaixo:

O eclipse anular desta quinta-feira foi o último de seu tipo, e penúltimo em geral, neste ano. Teremos um eclipse total em 4 de dezembro, mas que infelizmente só será visível em sua totalidade por quem estiver no extremo sul do planeta, incluindo as Ilhas Malvinas, no Oceano Atlântico, e a Antártica.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!