Mercado fechará em 20 mins

Veja como ficarão os posts do Twitter com 4 mil caracteres

Um usuário do Twitter conseguiu visualizar como os tuítes longos vão se parecer no futuro. O programador e especialista em engenharia reversa Alessandro Paluzzi compartilhou uma captura de tela de uma publicação com muito mais do que 280 caracteres, mas que é atualmente exibido de forma incompleta.

Em dezembro, o dono do Twitter Elon Musk prometeu ampliar o limite de publicações para 4 mil caracteres, quantidade 14 vezes maior que a atual. O anúncio, porém, até agora não se concretizou e a plataforma segue abrigando publicações de até 280 caracteres.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Para matar um pouco da curiosidade, Paluzzi conseguiu habilitar a novidade no Twitter e demonstrar como as publicações mais extensas vão se parecer. As publicações serão exibidas de forma reduzida por padrão, ainda nos 280 caracteres tradicionais, mas terão um botão de “Mostrar mais” para caso o usuário queira conferir a continuação de conteúdo.

Dessa forma, o Twitter não vai comprometer a experiência geral do usuário no consumo de conteúdo com as publicações maiores. Preservar a interface e evitar o impacto no feed é crucial para a plataforma, já que a quantidade de publicidade em tela interfere no interesse de clientes e, por consequência, na receita da empresa.

Tuítes mais longos mudam o Twitter

Inicialmente, o Twitter permitia publicações de 140 caracteres e, desde 2017, as publicações foram ampliadas para 280 caracteres — um aumento não tão significativo para a dinâmica da rede social, mas que abriu portas para conversas mais complexas. O aumento do limite para 4 mil caracteres seria, portanto, a maior mudança até hoje.

O Twitter é conhecido por abrigar publicações curtas em texto (reflexões rápidas, parágrafos pequenos e threads) e é o limite de caracteres que dá esse caráter único à rede social. Se essa restrição para publicações for eliminada, é possível que a dinâmica do Passarinho Azul mude significativamente.

Contudo, é difícil pontuar como a plataforma vai ficar depois de a mudança ir para o ar. Pode ser que a novidade não altere a forma com que as pessoas usam o Twitter, ou pode tornar o site um grande lar de textões, como acontece no Facebook e no Reddit.

Sem previsão de lançamento

Os textões do Twitter não têm previsão de lançamento, mas considerando que Paluzzi conseguiu habilitar a função manualmente, ela não deve estar muito distante da implementação final.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: