Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,48
    -0,02 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.772,40
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    23.369,02
    +38,68 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,74
    +1,01 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.529,00
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2349
    -0,0243 (-0,46%)
     

Veja as profissões que podem acabar no Brasil por causa da automação

Diversas profissões e ocupações podem acabar no Brasil por causa da automação. Foto: Getty Images.
Diversas profissões e ocupações podem acabar no Brasil por causa da automação. Foto: Getty Images.
  • Pesquisa aponta as profissões e ocupações que têm maiores chances de acabar no Brasil por causa da automação;

  • O resultado do levantamento mostra que mais da metade dos empregos brasileiros podem acabar em até 20 anos;

  • Pesquisa conclui que empregos do setor informal tem maiores chances de serem afetados com automação.

O aumento da automação em diversos setores do mercado de trabalho deve sepultar de vez certas profissões no Brasil em até duas décadas. A conclusão é tirada de um levantamento feito por pesquisadores brasileiros e publicada no artigo ‘Automação e perda de empregos: o caso brasileiro’.

A pesquisa se baseou em um estudo realizado pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, para compreender quais são as profissões e ocupações que têm maiores chances de acabar no Brasil em até 20 anos.

“Nossos resultados indicam que 58,1% dos empregos brasileiros podem desaparecer, nos próximos 10 ou 20 anos, em função da automação”. diz o estudo.

Leia também:

“Além disso, observamos que os trabalhadores ocupados no setor informal têm maior chance de ver seus empregos sendo substituídos por máquinas do que aqueles empregados no setor formal”, conclui..

A consultoria IDados, em conjunto com a ISE Business School, fez um levantamento para apontar as ocupações que devem ser substituídas pela automação e aquelas que são menos prováveis de sofrerem essa mudança.

Confira as 10 profissões com maiores chances de automação:

  1. Operadores de entrada de dados (digitador) – 99%

  2. Profissionais de nível médio de direito e afins (assistente) – 99%

  3. Agentes de seguros – 99%

  4. Operadores de máquinas para fabricar equipamentos fotográficos – 99%

  5. Vendedores por telefone – 99%

  6. Despachantes aduaneiros – 99%

  7. Contabilistas e guarda livros – 98%

  8. Secretários jurídicos – 98%

  9. Condutores de automóveis, táxis e caminhonetes – 98%

  10. Balconistas e vendedores de lojas – 98%

Confira as 10 profissões com menores chances de automação:

  1. Dietistas e nutricionistas – 0.4%

  2. Gerentes de hotéis – 0.4%

  3. Especialistas em métodos pedagógicos – 0.4%

  4. Médicos especialistas – 0.4%

  5. Médicos gerais – 0.4%

  6. Fonoaudiólogos e logopedistas – 0.5%

  7. Trabalhadores do sexo – 0.6%

  8. Dirigentes de serviços de bem estar social – 0.7%

  9. Psicólogos – 0.7%

  10. Dirigentes de serviços de educação – 0.7%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos