Vazamento de gás em mina chinesa deixa pelo menos 12 mortos

Pequim, 30 jan (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram após o vazamento de monóxido de carbono em uma mina de carvão do nordeste da China, na província de Heilongjiang, segundo informou nesta quarta-feira a agência oficial "Xinhua".

Outros três funcionários foram resgatados da mina e estão em bom estado, enquanto não se sabe se ainda há mineiros presos, pois alguns membros da equipe de resgate também foram afetados pelo gás tóxico.

Sete vítimas mortais foram retiradas da mina com vida e transferidas a uma hospital, mas não resistiram.

Há duas semanas, um fato similar deixou um saldo de dez mortos e 28 feridos após um vazamento de monóxido de carbono em uma mina de ouro na província chinesa de Jilin, também ao norte, segundo informou então a agência oficial "Xinhua".

As minas chinesas, especialmente as de carvão, se encontram entre as mais perigosas do mundo e deixam cerca de 3 mil mortos por ano, devido à falta de medidas de segurança e a superexploração. EFE

Carregando...