Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,59 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,65 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,81
    +0,05 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.821,20
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    20.362,65
    -500,75 (-2,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    441,05
    -9,01 (-2,00%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,31 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,47 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,17 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.682,75
    +8,50 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5435
    -0,0006 (-0,01%)
     

Vazamento de combustível na Cargo Dragon faz NASA adiar missão à ISS

NASA e SpaceX suspenderam temporariamente o lançamento de uma missão de reabastecimento da Estação Espacial Internacional (ISS) após a detecção de um vazamento na nave cargueira Cargo Dragon. As equipes passarão os próximos dias investigando a causa da falha e só então uma nova data de lançamento será definida.

Até então, o lançamento da missão CR-25 estava previsto para uma "janela" entre os dias 7 e 12 de junho, mas diante da falha de abastecimento observada durante o fim de semana, a nave só deve ser lançada a partir do próximo dia 13. Em nota, a NASA explicou o problema.

Segundo a agência espacial, enquanto a Dragon era abastecida com propelente, a equipe observou “leituras de vapor elevadas” em uma região isolada, mas relacionada ao sistema de propulsão. Então, a SpaceX drenou o combustível para realizar uma inspeção e determinar a causa do problema.

Até a falha ser identificada e reparada, a nave Dragon C208 aguardará para realizar sua terceira missão de reabastecimento orbital desde dezembro de 2020. No entanto, a falha na nave de carga levanta outra questão, como o funcionamento das naves tripuláveis Crew Dragon, dada a semelhança entre elas.

Atualmente, há uma Crew Dragon “estacionada” na ISS, após transportar a tripulação da missão Crew-4 até lá. Os quatro astronautas desta missão estão programados para retornar à Terra em setembro, o mesmo período em que a missão Crew-5 está prevista para decolar.

Vale lembrar que recentemente o escudo térmico da Endurance, a espaçonave que será usada na Crew-5, falhou em um teste de verificação pré-lanlamento. O componente, que protege a espaçonave e os astronautas do calor da reentrada, será substituído.

Ainda assim, qualquer problema identificado em alguma nave pode ajudar as equipes de engenheiros a tornarem as oito naves Dragon mais seguras.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos