Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.353,57
    +2.144,73 (+4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Vaultree traz criptografia como serviço ao Brasil com aporte de US$ 3,3 milhões

·2 min de leitura

A Vaultree, empresa irlandesa de cibersegurança do tipo criptografia como serviço, anunciou nesta quarta-feira (3) um aporte do tipo seed (para startups iniciantes) de US$ 3,3 milhões (R$ 18,7 milhões na conversão atual). A rodada foi liderada pelo fundo Ten Eleven Ventures, além de Enterprise Ireland, Unpopular Ventures, HBAN e John N. Stewart, ex-chefe de segurança e diretor de confiança da Cisco. O aporte também marcou a chegada da empresa ao Brasil.

A plataforma da Vaultree usa tecnologias que permitem a empresas trabalharem com dados totalmente criptografados sem precisar descriptografá-los. Com isso, processa as informações sem quebrar a proteção delas e sem revelar as informações sigilosas. Ela também pode ser usada em bilhões de conjuntos de dados sem comprometer o desempenho da tarefa.

Segundo o anúncio à imprensa, o novo financiamento será usado para melhorar a solução e abrir novas contratações para a equipe de engenharia, criptografia, vendas e atendimento ao cliente. A startup disse ter escolhido o Brasil por ser "um dos países mais promissores da América Latina em inovação e, consequentemente, com maiores possibilidades de ataques de hackers e vazamento de dados".

Imagem: Divulgação/Pete Linforth/Pixabay
Imagem: Divulgação/Pete Linforth/Pixabay

De acordo com o Estudo Global de Tendências de Criptografia 2021, da consultoria Entrust, o uso de criptografia em serviços de nuvem pública no Brasil ultrapassa a maioria das regiões. O gerenciamento de chaves é o recurso de solução de criptografia mais importante no nosso país (86%, contra 68% da média global), seguido do suporte para implantação em nuvem e local (79%, contra 62% da média mundial).

“Conseguimos desenvolver um produto de manuseio simples e que se integra facilmente aos sistemas de segurança, vimos no Brasil e nas diretrizes da LGPD [Lei Geral de Proteção de Dados] um mercado em potencial que tem semelhança com a filosofia da Vaultree de um 'amanhã criptografado'. Acreditamos que todos têm direito à privacidade e proteção de seus dados pessoais, podendo confiar na segurança das empresas que detém suas informações”, comenta Tilo Weigandt, sócio fundador da Vaultree.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos