Mercado fechado

Vasco começa a quitar dívida com atletas e funcionários

Campello busca recursos para pagar os salários do Vasco (Thiago Ribeiro/AGIF)

O Vasco começou a quitar as suas dívidas com jogadores e funcionários, nesta sexta-feira. Após entrar em acordo com a União Federal na quinta-feira e evitar uma penhora de R$ 22 milhões, o clube carioca efetuou o pagamento do mês de outubro para atletas (CLT) e setembro para os outros colaboradores. Nenhum direito de imagem foi quitado e, em alguns casos, o atraso chega a quatro meses. 

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

O clube pretende quitar todas as dívidas com o departamento de futebol e os funcionários ainda neste ano, para começar 2020 em dia com todos. A promessa foi feita pelo presidente Alexandre Campello, ao contratar Vanderlei Luxemburgo, em maio. O dinheiro deverá vir da premiação pela 12ª colocação no Campeonato Brasileiro. 

Leia também:

Além dos salários, o Vasco ainda precisará quitar o 13º a todos em São Januário. Por um acordo, o clube tem até o dia 20 de cada mês para efetuar os pagamentos. 

Por conta da dívida com atletas e funcionários, o Vasco ainda não anunciou nenhuma contratação para o próximo ano. As renovações também estão esperando os pagamentos para serem concretizadas. A única novidade é a chegada do técnico Abel Braga.

Veja mais de Marcelo Guimarães no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter