Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.123,85
    -3.459,16 (-3,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.925,52
    -673,01 (-1,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,41
    -0,88 (-1,17%)
     
  • OURO

    1.738,20
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    41.774,54
    -753,94 (-1,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.031,80
    -25,35 (-2,40%)
     
  • S&P500

    4.352,63
    -90,48 (-2,04%)
     
  • DOW JONES

    34.299,99
    -569,38 (-1,63%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.358,11
    -142,28 (-0,58%)
     
  • NIKKEI

    29.380,37
    -803,59 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    14.846,50
    +81,75 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3437
    +0,0011 (+0,02%)
     

Variante delta não provoca casos mais graves de covid-19 em crianças, diz estudo

·1 minuto de leitura
Crianças voltam às aulas na escola Schoolcraft Elementary, em 30 de agosto de 2021, em Schoolcraft, Michigan (AFP/Matthew Hatcher)

A variante delta não causa casos mais graves de covid-19 em crianças e adolescentes em comparação com outras variantes, de acordo com os primeiros dados divulgados nesta sexta-feira (3) pelas autoridades de saúde dos Estados Unidos.

A preocupação com as consequências da variante delta entre os mais jovens tem aumentado com um número crescente de crianças hospitalizadas nas últimas semanas.

Os Centros de Prevenção de Doenças (CDC), principal agência federal americana de saúde pública, estudaram dados de pacientes internados por covid-19 em 99 condados de 14 estados, onde vive cerca de 10% da população do país.

A agência comparou o período do começo de março a meados de junho com meados de junho ao fim de julho, quando a variante delta se tornou dominante nos Estados Unidos.

Entre esses dois períodos, a taxa de hospitalização de crianças e adolescentes de 0 a 17 anos se multiplicou por cinco.

Mas "a proporção de crianças e adolescentes hospitalizados por doenças graves", como aqueles internados em unidades de terapia intensiva, "foi semelhante antes e durante o período em que a delta era dominante", aponta o relatório.

Por outro lado, o estudo mostra que as vacinas protegem os adolescentes contra a variante delta.

la/led/dg/mr/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos