Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.686,47
    -1.914,60 (-5,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Variante Delta causa surto de Covid-19 em grande cidade chinesa

·2 minuto de leitura
Variante Delta causa surto de Covid-19 em grande cidade chinesa
Variante Delta causa surto de Covid-19 em grande cidade chinesa

A cidade chinesa de Guangzhou, capital de Guandong, a província mais populosa da China, está passando por um assustador aumento no número de casos de Covid-19. Segundo a mídia estatal chinesa, o surto se deu por conta da variante Delta do Sars-Cov-2, que foi detectada pela primeira vez na Índia e, acredita-se, é mais transmissível do que outras cepas.

Segundo especialistas, esse é um sinal de que a variante Delta pode fazer com que locais que deram uma boa resposta ao coronavírus, como foi o caso da China, que fechou suas fronteiras e adotou medidas robustas de isolamento social, tenham surtos da doença.

Guangzhou tem mais de 15,3 milhões de habitantes. Para efeitos de comparação, São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, tem uma população estimada em 12,3 milhões. Até o momento, foram registrados 96 casos da variante Delta da Covid-19, número que representa a maior parcela de casos da província de Guandong.

Mais do que parece

Pessoas esperam para ser testadas na cidade de Guangzhou, na China. Crédito: Getty Images
Pessoas esperam para ser testadas na cidade de Guangzhou, na China. Crédito: Getty Images

Olhando assim, menos de 100 casos pode não parecer muito, mas é um número bastante significativo no contexto chinês, que foi um dos países que melhor conseguiu conter o número de casos de Covid-19 em seu território desde o início da pandemia. Por conta disso, um número de 96 casos de uma variante importada é algo bastante preocupante para as autoridades de saúde chinesas.

Por conta disso, essas autoridades agora estão realizando testes em massa na província de Guandong e bloqueando áreas consideradas de preocupação, em um esforço coordenado para limitar e conter o surto. Restaurantes e locais de lazer, como parques e cinemas, foram fechados e postos de controle estão monitorando quem entra e quem sai de determinados pontos da cidade.

Leia mais!

Entre 26 de maio e 5 de junho, foram realizados mais de 16 milhões de testes na cidade, de acordo com a emissora de TV americana, CNBC. Na média, esse número é maior do que o número de moradores da cidade.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=JkopxlWojRY

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos