Mercado fechará em 3 h 3 min
  • BOVESPA

    113.878,48
    +595,80 (+0,53%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.558,32
    +452,61 (+0,89%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,51
    +1,53 (+2,07%)
     
  • OURO

    1.753,60
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    43.023,42
    -225,44 (-0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.066,03
    -35,49 (-3,22%)
     
  • S&P500

    4.439,40
    -16,08 (-0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.892,97
    +94,97 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.144,00
    -174,75 (-1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2704
    +0,0148 (+0,24%)
     

Variante delta adia o retorno aos escritórios em Manhattan

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os empregadores de Manhattan estão menos confiantes no retorno dos colaboradores aos escritórios no mês que vem, diante da alta de casos da variante delta da Covid-19.

Os empregadores agora esperam retorno de 41% dos funcionários às atividades presenciais até 30 de setembro, comparado à estimativa de 62% apurada em maio nas sondagens da Partnership for New York City. O último levantamento foi conduzido entre 9 e 20 de agosto. Até o momento, cerca de 23% dos trabalhadores voltaram ao local de trabalho, contra 12% em maio.

Gigantes como BlackRock, PwC e Facebook adiaram planos de retorno aos escritórios por causa do avanço da delta, que se espalha mesmo entre os vacinados. Muitas firmas de Wall Street estão reformulando políticas internas, adiando a data esperada de retorno dos colaboradores e exigindo que eles se vacinem ou usem máscaras.

Cerca de 44% dos empregadores prorrogaram os planos de retorno por causa do aumento de casos da Covid-19, embora 54% não tenham feito alterações, segundo a Partnership, organização sem fins lucrativos que representa a comunidade empresarial da cidade. A maioria dos entrevistados atua no setor de serviços financeiros.

De modo geral, os empregadores implementaram a rotatividade de funcionários, que podem trabalhar remotamente durante parte da semana, segundo a pesquisa. Apenas 26% das empresas exigem que os colaboradores estejam no escritório em tempo integral.

Entre as companhias que divulgaram suas políticas de vacinação, cerca de 58% exigem que todos os funcionários recebam a proteção. Apenas 37% relataram não ter uma política de vacinação.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos