Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.674,51
    -1.206,76 (-1,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Varejista americana é processada por vender IPTV pirata

·1 minuto de leitura

Acusadas de infringir os direitos exclusivos da DISH Network, a iStar Company e sua principal parceira varejista, a Atlas Electronics (que tem sede em Michigan), são réus em um processo iniciado pela Coalização Internacional de Emissoras contra a Pirataria (International Broadcaster Coalition Against Piracy — IBCAP).

Os alvos da ação judicial incluem Ahmed Karim, proprietário e diretor da iStar Company, e Alaa Al-Emara, proprietária e diretora da Atlas Electronics. A IBCAP pede indenização de mais de US$ 24 milhões e medida cautelar contra o serviço de IPTV da iStar Company.

As reivindicações incluem violação direta e indireta de direitos autorais de IPTV contra a iStar Company e Ahmed Karim. Já a Atlas Electronics e Alaa Al-Emara são acusadas de violação indireta de direitos autorais. “A IBCAP coordena ataques contra piratas de direitos autorais”, diz Chris Kuelling, diretor executivo da IBCAP. “A ideia é garantir que serviços não autorizados e seus varejistas sejam responsabilizados e que suas plataformas sejam fechadas.”

Imagem: Reprodução/Pixabay/Pete Linforth
Imagem: Reprodução/Pixabay/Pete Linforth

Os serviços de monitoramento e detecção antipirataria da Nagra foram usados para a preparação e coleta de evidências. Essa divisão de TV digital do Grupo Kudelski é responsável por fornecer soluções de segurança e experiência de usuário em várias telas para a monetização de mídia digital.

Julgamentos de processos anteriores da IBCAP incluíram ações contra serviços piratas e seus distribuidores e varejistas. Alguns deles obrigaram os empreendimentos a fecharem e declararem falência. A IBCAP tem cerca de 20 ações judiciais bem-sucedidas.

Quando essas ações ocorrem, é comum que tenham repercussão em todo o mundo. Isso pode, então, ser um precedente para que atos semelhantes sejam organizados em outras localidades, inclusive aqui no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos