Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,49
    -0,92 (-1,03%)
     
  • OURO

    1.793,10
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    24.128,25
    -271,78 (-1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    572,73
    -18,03 (-3,05%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.833,24
    -38,54 (-0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.663,50
    -17,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Varíola dos macacos: OMS fala que situação do BR é "preocupante"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A varíola dos macacos (monkeypox) já foi identificada em pelo menos 813 pessoas no Brasil, segundo levantamento do Ministério da Saúde. Além disso, a presença do vírus foi confirmada em 13 estados do país e a transmissão é comunitária. Diante deste cenário, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a situação como "muito preocupante".

O alerta sobre o nível de preocupação da varíola dos macacos no Brasil foi compartilhado pela líder técnica da OMS para a doença, Rosamund Lewis, na segunda-feira (26). Lewis também explicou que os casos podem estar subnotificados, já que não existiriam testes suficientes à disposição.

Com mais de 800 casos da varíola dos macacos, OMS afirma que a situação do Brasil é preocupante (Imagem: Furmanphoto/Envato)
Com mais de 800 casos da varíola dos macacos, OMS afirma que a situação do Brasil é preocupante (Imagem: Furmanphoto/Envato)

“É importante que as autoridades também tomem conhecimento da emergência de saúde pública e de interesse internacional, das recomendações e tomem as medidas adequadas”, pontuou a porta-voz da OMS. "O tempo está passando e todos precisamos nos unir para que isso [a interrupção da transmissão] aconteça”, completou.

Varíola dos macacos entre os estados

Nos últimos dias, o número de casos da varíola dos macacos tem crescido de forma significativa no Brasil. Na última sexta-feira (22), a Saúde informava que eram 607 diagnósticos positivos. Na segunda (26), o número total foi atualizado para 813.

Entre os estados, São Paulo é o que mais confirmou casos de monkeypox no país. A seguir, confira a lista completa dos estados e o número de casos já identificados em cada um:

  • São Paulo: 595 casos confirmados da varíola dos macacos;

  • Rio de Janeiro: 109 casos;

  • Minas Gerais: 42 casos;

  • Distrito Federal: 13 casos;

  • Paraná: 19 casos;

  • Goiás: 16 casos;

  • Bahia: 3 casos;

  • Rio Grande do Sul: 3 casos;

  • Pernambuco: 3 casos;

  • Santa Catarina: 3 casos;

  • Ceará: 2 casos;

  • Rio Grande do Norte: 2 casos;

  • Espírito Santo: 2 casos;

  • Mato Grosso do Sul: 1 caso.

Brasil ainda não tem vacinas

Até o presente momento, o Brasil não conta com vacinas para imunizar os profissionais de saúde e nem para proteger os contatos próximos de casos confirmados da varíola dos macacos. Outros países, como França, Reino Unido e Estados Unidos, já começaram a vacinar grupos prioritários.

Sobre o assunto, o Ministério da Saúde informa que trabalha, com a OMS, em negociações globais para a compra do imunizante com o fabricante. Além disso, a Saúde afirma que “testes para diagnóstico estão disponíveis para toda a população que se enquadre na definição de casos suspeitos para varíola dos macacos”, o que pode facilitar o rápido diagnóstico da doença.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos