Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.674,26
    +2.295,34 (+2,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.860,71
    +593,51 (+1,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,81
    +1,75 (+4,06%)
     
  • OURO

    1.801,50
    -36,30 (-1,98%)
     
  • BTC-USD

    19.110,46
    +658,49 (+3,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,00
    +10,25 (+2,77%)
     
  • S&P500

    3.635,38
    +57,79 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.049,24
    +457,97 (+1,55%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.064,50
    +159,25 (+1,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3889
    -0,0514 (-0,80%)
     

Valores pré-crise para arrecadação vão chegar em "breve espaço de tempo", diz técnico da Receita

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - O chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, afirmou nesta quarta-feira que não é possível estimar quando a arrecadação chegará a valores pré-crise, mas estimou que isso ocorrerá em "breve espaço de tempo".

Em coletiva de imprensa, ele disse ter perspectiva otimista para recolhimento em outubro de valores que foram diferidos por ocasião de medidas tomadas para enfrentamento à crise de coronavírus.

Malaquias também afirmou que não existe no órgão nenhum estudo a respeito da redução a zero do IOF nas operações de crédito para 2021.

(Por Marcela Ayres)