Mercado fechado

Valor da Ant pode encolher em US$ 140 bi com suspensão de IPO

Bloomberg News
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A decisão da China de suspender a estreia da Ant Group na bolsa poderia reduzir o valor da fintech em até US$ 140 bilhões, segundo estimativas revisadas de analistas.

Novos regulamentos que poderiam obrigar a Ant a levantar mais capital para financiar empréstimos e buscar licenças nacionais para operar em todo o país podem reduzir o valuation da empresa pela metade, de acordo com estimativas da Morningstar e de outras empresas. Os detalhes regulatórios são preliminares e podem estar sujeitos a alterações.

Se o valor pré-IPO da Ant, de US$ 280 bilhões, fosse reduzido pela metade, isso significaria essencialmente que a empresa valeria menos do que há dois anos, quando captou recursos de alguns dos maiores fundos do mundo, como Warburg Pincus, Silver Lake Management e Temasek.

O valuation reduzido também significa comissões potencialmente mais baixas para bancos de investimento como o China International Capital Corp, que contavam com os recursos do IPO recorde da Ant. Além disso, a empresa de Jack Ma teria menos capital para realizar aquisições, já que pretende se expandir além da base chinesa e competir com a Tencent no mercado doméstico.

Em uma reviravolta, na semana passada a China suspendeu a oferta pública inicial da Ant, avaliada em US$ 35 bilhões, poucos dias antes da estreia da fintech nas bolsas de Xangai e Hong Kong.

Iris Tan, analista da Morningstar, disse que o valuation da Ant poderia cair entre 25% e 50%, caso a relação preço-valor patrimonial pré-IPO cair para perto do nível dos principais bancos globais. Isso significa que o valor pode ser reduzido em cerca de US$ 140 bilhões. Atualmente, o preço da ação da Ant equivale a 4,4 vezes o valor patrimonial contra 2 vezes desses bancos, acrescentou.

Um representante da Ant não quis comentar.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.