Mercado abrirá em 8 h 40 min
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,67
    -0,40 (-0,56%)
     
  • OURO

    1.807,10
    +5,30 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    38.302,91
    +4.202,08 (+12,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    915,88
    +122,15 (+15,39%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    26.527,06
    -794,92 (-2,91%)
     
  • NIKKEI

    27.865,47
    +317,47 (+1,15%)
     
  • NASDAQ

    15.086,25
    -11,75 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1233
    +0,0017 (+0,03%)
     

Valneva perto de acordo para fornecer vacina à UE: Fontes

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A União Europeia está perto de um acordo com a Valneva para comprar a vacina da empresa contra a Covid-19 depois de retomar as negociações abandonadas no início do ano, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A UE e a empresa de biotecnologia francesa estão a poucas semanas de finalizar o chamado acordo de compra antecipada, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. A Comissão Europeia disse a embaixadores da UE no mês passado que está negociando um acordo com a Valneva depois que 20 estados membros “manifestaram interesse” em um contrato conjunto, segundo nota diplomática vista pela Bloomberg.

A vacina da Valneva complementaria o grupo de imunizantes do bloco com uma abordagem diferente. O produto, testado em relação ao imunizante da AstraZeneca em ensaios clínicos, é uma vacina inativada - um método tradicional também usado para o combate da poliomielite e hepatite. Por ter como alvo o coronavírus como um todo, e não apenas a chamada proteína spike, poderia resistir melhor às variantes.

Em abril, a Valneva disse que as discussões com a Comissão já não seriam prioridade e que focaria em acordos país a país. Um fator para o colapso das negociações foi a prioridade oferecida pela Valneva aos suprimentos do Reino Unido, que ajudou a financiar os ensaios e a fabricação da vacina. O acesso prioritário foi incorporado ao acordo com o governo britânico em setembro.

A UE e a Valneva começaram a conversar no terceiro trimestre do ano passado. Em janeiro, a empresa disse que as discussões estavam avançadas. Em entrevista concedida em abril, após a Valneva encerrar as negociações, o CEO Thomas Lingelbach afirmou que as partes não haviam chegado a um acordo. A retomada das negociações sugere que a UE pode agora ser flexível na questão prioritária.

Um porta-voz da Comissão disse que não comenta negociações em andamento com desenvolvedores de vacinas. A Valneva não comentou de imediato.

Ensaios

A vacina da Valneva é a única candidata inativada em ensaios clínicos na Europa, que envolve usar uma amostra do vírus inativado para estimular uma resposta imunológica. O imunizante pode ser adequado para grupos mais vulneráveis, como pessoas com sistema imunológico enfraquecido e mulheres grávidas, ou complementar outras vacinas como reforço.

O produto está em ensaios de estágio avançado, com mais de 4 mil participantes inscritos, e os primeiros resultados são esperados até setembro. Excepcionalmente, a possível vacina não está sendo comparada a um placebo. O produto deve mostrar superioridade em relação ao imunizante da Astra em um regime de duas doses administradas com quatro semanas de intervalo. O ensaio é baseado nos dados de imunogenicidade em vez da eficácia - o número de infecções evitadas -, pois a Astra já demonstrou proteger contra casos de Covid-19 sintomáticos.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos