Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    47.474,71
    +1.013,88 (+2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7577
    +0,0188 (+0,28%)
     

Vale vê despesa extra de R$19,8 bi no balanço de 2020 após acordo por Brumadinho

·1 minuto de leitura
Imagem de evento que marcou os dois anos do colapso da barragem da Vale em Brumadinho

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale deverá reconhecer uma despesa adicional de 19,8 bilhões no resultado de 2020 como consequência de um acordo global fechado nesta quinta-feira com o governo de Minas Gerais envolvendo reparações pelo desastre de Brumadinho.

A projeção leva em conta fluxos de desembolso preliminares com o acordo, que totaliza 37,69 bilhões de reais, disse a empresa em comunicado.

A Vale afirmou que 5,4 bilhões de reais do acordo "serão quitados mediante a liberação de depósitos judiciais", enquanto 14,4 bilhões de reais "serão acrescidos no passivo associado à reparação socioeconômica e socioambiental de Brumadinho".

(Por Luciano Costa)