Vale suspende projeto em mina de potássio na Argentina

Buenos Aires, 24 jan (EFE).- A mineradora Vale suspendeu por tempo indefinido um milionário projeto em uma mina de potássio na província argentina de Mendoza devido "ao contexto internacional" de queda do preço de alguns minerais.

"Ainda não é fechamento, foram suspensas as obras por um tempo não definido, enquanto a Vale revisa suas projeções econômicas para a Argentina", declarou um porta-voz da empresa na Argentina.

A Vale havia aprovado um orçamento de US$ 611 milhões em 2013 para a mina de potássio de Rio Colorado, situada 1,1 mil quilômetros ao oeste de Buenos Aires.

A mina devia entrar em funcionamento na segunda metade de 2014, mas a obra está paralisada desde o último dia 21 de dezembro.

"A suspensão tem a ver com o contexto internacional, principalmente com a queda do preço do ferro, que é um dos principais minerais que a Vale explora em nível mundial", acrescentou o porta-voz.

O projeto de Rio Colorado foi definido como "estratégico" pela presidente argentina, Cristina Kirchner, durante sua apresentação oficial, em julho do ano passado.

A mineradora estima que as reservas de potássio da mina ascendem a 430 milhões de toneladas e a capacidade de produção poderia chegar até 4,35 milhões de toneladas, o que situaria a Argentina como quinto produtor mundial.

A Vale, líder mundial na produção de ferro, viu seus lucros caírem 66,2% no terceiro trimestre de 2012, até US$ 1,669 bilhão, e anunciou que reduzirá seus investimentos em 2013 perante a queda da demanda internacional. EFE

Carregando...