Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    43.300,69
    +560,56 (+1,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,84 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2569
    +0,0319 (+0,51%)
     

Vale recebe aval para operação definitiva de instalações em Ouro Preto

·1 minuto de leitura
Logo da Vale fotografado em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale recebeu da Agência Nacional de Mineração (ANM) um termo de desinterdição que libera as operações definitivas das plantas de beneficiamento, pelotização e lavra na Área 15 da mina de Fábrica, em Ouro Preto (MG), informou a empresa nesta sexta-feira.

Segundo a companhia, a retomada do processamento a úmido em Fábrica permite a manutenção da produção próxima à capacidade nominal da planta de beneficiamento, de 6 milhões de toneladas por ano.

A instalação operava desde abril em regime de testes, via processamento a úmido, para avaliação de impactos geotécnicos nas estruturas próximas.

"Os testes, sob a supervisão e com a anuência dos órgãos reguladores e auditores externos, não detectaram incremento de risco às estruturas", disse a Vale em comunicado.

A mineradora acrescentou que optou, neste momento, por manter inativa a operação de pelotização, citando algumas restrições operacionais, como o acesso a certas frentes de lavras e a interdição de detonações, que impactam a qualidade adequada para a produção 'pellet feed'.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos