Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    47.039,11
    -9.801,79 (-17,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Vale a pena assinar o Nintendo Switch Online + Pacote Adicional?

·6 min de leitura

Em outubro desde ano, a Nintendo apresentou o Pacote Adicional, uma modalidade inédita para o serviço de assinatura Switch Online (em inglês, chamado de Nintendo Switch Online + Expansion Pack). A novidade adicionou benefícios para os assinantes a um novo preço, que chega a R$ 421,99 na assinatura anual e familiar.

No novo plano, a empresa do Mario incluiu jogos de Nintendo 64, Sega Genesis e uma imensa expansão para Animal Crossing: New Horizons, cobrando valores que podem assustar. O Pacote Adicional chega a custar mais que o dobro do plano padrão do Switch Online, que já vem acompanhado de jogos de Nintendinho (NES), Super Nintendo (SNES) e permite a conexão com a internet para partidas multiplayer online.

Se você ficou empolgado para jogar The Legend of Zelda: Ocarina of Time e Super Mario 64 no Nintendo Switch, o Canaltech ponderou os benefícios e valores do novo plano do serviço da Nintendo para responder a pergunta: vale a pena assinar o Switch Online + Pacote Adicional?

Quais são os benefícios do Expansion Pack?

Antes de falar das novidades do Pacote Adicional, é importante conhecer o que está incluso no plano padrão do Switch Online. O serviço nasceu em 2018 como uma espécie de pedágio cobrado pela Nintendo para a jogatina online, como acontece com a PlayStation Plus, por exemplo. Boa parte do catálogo de jogos vendidos na loja digital da Nintendo (eShop), exige uma assinatura ativa do Switch Online para competir ou cooperar com amigos via internet.

Além do multiplayer online, o serviço padrão também entrega acesso a mais de 100 jogos clássicos de NES e SNES, incluindo Super Mario World e Super Metroid, em uma interface de emulação com salvamento automático e a possibilidade de retroceder os gameplays em tempo real.

Emulação de jogos retrô do Switch Online possui funcionalidades modernas, como salvamento automático e a possibilidade de retroceder as gameplays em tempo real (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Emulação de jogos retrô do Switch Online possui funcionalidades modernas, como salvamento automático e a possibilidade de retroceder as gameplays em tempo real (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Entre os benefícios do plano básico, ainda estão a possibilidade de salvar dados na nuvem, acesso ao aplicativo de celular do Switch Online para conversar com amigos durante a jogatina e o acesso, sem custo adicional, aos jogos Tetris 99 e Pac-Man 99. Os dois títulos são battle royale, em que vence apenas um jogador.

O Pacote Adicional conta com todos os benefícios do plano padrão, mas adiciona ao Nintendo Switch Online uma coleção de jogos de Nintendo 64 com suporte a partidas online para até 4 jogadores, jogos retrô do Mega Drive e a expansão Happy Home Paradise para Animal Crossing: New Horizons.

Por enquanto, a seleção de Nintendo 64 conta com jogos como Dr. Mario 64, Mario Kart 64, Mario Tennis, Sin & Punishment, Star Fox 64, Super Mario 64, The Legend of Zelda: Ocarina of Time, WIN BACK: COVERT OPERATIONS e Yoshi’s Story.

Agora é possível jogar Ocarina of Time no Switch com o Pacote Adicional (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Agora é possível jogar Ocarina of Time no Switch com o Pacote Adicional (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Já a coleção do Mega Drive tem no catálogo Castlevania: Bloodlines, Contra: Hard Corps, Dr. Robotnik's Mean Bean Machine, Ecco the Dolphin, Golden Axe, Gunstar Heroes, M.U.S.H.A., Phantasy Star 4: The End of the Millennium, Ristar, Shining Force, Shinobi 3, Sonic the Hedgehog 2, Streets of Rage 2 e Strider.

A expansão Happy Home Paradise do último Animal Crossing foi incluída como benefício do Pacote Adicional, mas pode ser comprada separadamente, sem a necessidade de uma assinatura do serviço. O conteúdo introduz ao jogo uma nova área de resort e pode ser adquirido por R$ 137,99 na eShop. Na expansão, os jogadores devem decorar casas de férias para os clientes do resort e ainda poderão encontrar novos itens para a ilha principal.

Quanto custa assinar o Nintendo Switch Online + Pacote Adicional?

Diferente do plano padrão, que tem opções de assinatura mensal ou trimestral, só é possível assinar o Switch Online + Pacote Adicional por um ano inteiro. A adesão unitária por 12 meses custa R$ 262,99, frente aos R$ 100 cobrado pelo plano básico.

Ainda é possível assinar o Pacote Adicional com um grupo de oito pessoas. A modalidade “familiar” do serviço sai por R$ 421,99.

Assinatura

1 mês

3 meses

12 meses

Nintendo Switch Online Individual

R$ 20,00

R$ 40,00

R$ 100,00

Nintendo Switch Online Familiar

Não disponível

Não disponível

R$ 175,00

Nintendo Switch Online + Pacote adicional Individual

Não disponível

Não disponível

R$ 262,99

Nintendo Switch Online + Pacote adicional Familiar

Não disponível

Não disponível

R$ 421,99


Se você já possui uma assinatura familiar do Nintendo Switch Online + Pacote Adicional, todos os outros sete participantes do grupo podem usufruir dos benefícios da expansão. A opção torna possível dividir o valor da assinatura anual por todos os donos de Switch que sejam indicados como família.

Vale a pena assinar?

Mesmo no plano familiar, o Pacote Adicional do Switch Online dobra o preço cobrado por 12 meses do serviço na sua versão básica. Quem resolver aderir a expansão individualmente, deve considerar se vale a pena pagar até R$ 162 a mais em um ano de serviço, para ter acesso a jogos de Nintendo 64, SEGA Mega Drive e a expansão de Animal Crossing: New Horizons, que também é vendida separadamente na eShop.

No plano familiar, o Nintendo Switch Online + Pacote Adicional fica um pouco mais convidativo. O preço de R$ 421,99 pode ser dividido em até oito pessoas, com cada um contribuindo com R$ 52,75 por um ano de serviço. Neste cenário, a opção sai mais em conta do que todas as assinaturas individuais, então acreditamos que seja o melhor caminho para quem não quer perder os benefícios extras.

Mas, convenhamos, o Pacote Adicional não parece ter um conteúdo que justifique o preço que cobra, principalmente para os jogadores que não jogam Animal Crossing. No mundo ideal, a extensão do serviço não existiria e todas as adições poderiam servir para incrementar a assinatura padrão.

Dividir valor de assinatura anual e familiar pode tornar Pacote Adicional mais atrativo (Imagem: Divulgação/Nintendo)
Dividir valor de assinatura anual e familiar pode tornar Pacote Adicional mais atrativo (Imagem: Divulgação/Nintendo)

Ainda é importante considerar o momento de fazer essa assinatura. Diversos rumores apontam para a possibilidade da Nintendo incluir jogos de Game Boy Advance ao Nintendo Switch. Detalhes ou qualquer confirmação sobre a adesão não foram esclarecidas pela empresa.

A emulação de jogos de Nintendo 64 também estreou no Pacote Adicional repleta de problemas. Relatos apontam para bugs de performance dos jogos no Switch, como input lag — atraso para os comandos do controle aparecerem na tela —, som travando, quedas na taxa de quadros por segundo e controles mal distribuídos.

Os problemas foram mais sentidos durante as partidas online de Mario Kart 64 e Star Fox 64. A Nintendo prometeu resolver estas questões em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos