Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,89
    -0,31 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.822,90
    +8,90 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    30.072,52
    -900,38 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,04
    +424,36 (+174,87%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.236,75
    -146,00 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2805
    +0,0214 (+0,41%)
     

Vale lucra R$ 23 bilhões no primeiro trimestre

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRUMADINHO, MG, 19.01.2021 - Equipes trabalham em meio à lama do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG). Dois anos após o desastre em Brumadinho (MG), 11 pessoas ainda não foram encontradas. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***BRUMADINHO, MG, 19.01.2021 - Equipes trabalham em meio à lama do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG). Dois anos após o desastre em Brumadinho (MG), 11 pessoas ainda não foram encontradas. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Vale registrou lucro de R$ 23 bilhões no primeiro trimestre de 2022. O resultado é 24,6% inferior ao do mesmo período de 2021, ano em que a mineradora registrou o maior lucro da história das companhias abertas brasileiras, de R$ 121 bilhões.

Segundo a mineradora, o desempenho nos três primeiros meses de 2022 teve impacto negativo da queda na produção devido às fortes chuvas em Minas Gerais durante o verão e atrasos em licenciamentos ambientais, cenário parcialmente compensado por melhores prêmios na venda de minério de ferro.

"Apesar do trimestre desafiador em nossas operações, estamos no caminho certo para cumprir nossos compromissos para 2022", disse o presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, em comunicado divulgado nesta quarta-feira (27).

A produção de minério de ferro, principal produto da Vale, caiu 7% na comparação com o primeiro trimestre de 2021, para 63,9 milhões de toneladas. Mas o prêmio pela maior qualidade do minério chegou a US$ 9,1 (cerca de R$ 45, pela cotação atual) por tonelada, quase o dobro do registrado no fim de 2021.

O valor também é maior do que os US$ 8,5 por tonelada verificados no primeiro trimestre de 2021. Segundo a empresa, os elevados prêmios refletem um cenário mais apertado de oferta global de minério de ferro.

No primeiro trimestre de 2022, a Vale teve receita de R$ 56,7 bilhões, queda de 17,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. O Ebitda, indicador que mede a geração de caixa, caiu 29,9%, para R$ 32,6 bilhões.

No balanço divulgado nesta quarta, a empresa diz que suas operações não sofreram impactos significativos da guerra na Ucrânia, embora tenham sido beneficiadas por uma escalada do preço do minério logo no início do conflito.

Mas avalia que a guerra ainda traz riscos como "interrupção dos fluxos de comércio internacional, extrema volatilidade de preços de mercado, com impacto no setor de energia, cadeias de suprimentos industriais e agrícolas, transporte e incerteza regulatória e contratual com o aumento das tensões geopolíticas".

A Vale fechou o trimestre com dívida bruta de US$ 14 bilhões (R$ 70 bilhões), US$ 3 bilhões (R$ 15 bilhões) acima do verificado no fim do trimestre anterior. O aumento, segundo a companhia, reflete o pagamento de US$ 3,5 bilhões em dividendos referentes ao resultado do segundo semestre de 2021.

Durante o ano passado, a empresa já havia distribuído em 2021 US$ 7,4 bilhões (R$ 37 bilhões) a seus acionistas, como remuneração pelo desempenho do primeiro semestre.

Nos três primeiros meses de 2022, a Vale gastou R$ 832 milhões com ações relacionadas à reparação dos danos provocados pelo rompimento da barragem de Brumadinho (MG), que deixou 277 mortos em janeiro de 2019.

No balanço, a empresa diz que, após autorização judicial, iniciou o detalhamento para implantação de nove projetos de reparação socioeconômica em municípios da região atendida, selecionados com base em resultados de consulta popular.

Ao anunciar o resultado, a mineradora comunicou a aprovação de um novo programa de recompra de ações, com o objetivo de adquirir até 500 milhões de ações, o equivalente a 10% dos papéis hoje em circulação.

"Guiados pela nossa disciplina na alocação de capital, consideramos que a recompra de nossas ações seja um dos melhores investimentos disponíveis para a companhia", afirmou a companhia, em comunicado.

Um programa de recompra anunciado anteriormente com o limite de adquirir 200 milhões, está quase sendo concluído. Com a redução do volume de papéis, a empresa espera elevar o preço unitário de cada ação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos