Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,74 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,52 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,99
    +0,29 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.730,80
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    60.413,32
    +399,86 (+0,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.291,05
    -3,53 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.727,53
    +274,25 (+0,96%)
     
  • NIKKEI

    29.853,07
    +314,34 (+1,06%)
     
  • NASDAQ

    13.802,25
    -6,50 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8192
    -0,0113 (-0,17%)
     

Vale inicia operação para aumento da produção via processamento a úmido em Timbopeba

·1 minuto de leitura
Marca da Vale em Brumadinho

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou nesta sexta-feira que iniciou o comissionamento para aumento da produção de minério de ferro via processamento a úmido no site de Timbopeba, parte do Complexo Mariana (MG), em linha com o previsto anteriormente.

Ao fim do comissionamento, operação que durar dois meses, o site de Timbopeba voltará operar com capacidade de 12 milhões de toneladas ao ano, adicionando 7 milhões à capacidade atual da unidade.

"A retomada de capacidade de Timbopeba é mais um passo na estabilização de produção de minério de ferro e no caminho para o retorno da capacidade produtiva de 400 Mtpa (milhões de tonelada ao ano) no final de 2022", disse a companhia, que sofreu uma série de restrições após o desastre envolvendo uma barragem em Brumadinho (MG), em 2019.

As operações de Timbopeba foram retomadas com capacidade parcial em maio de 2020, após suspensão iniciada em março de 2019, utilizando até então três de suas seis linhas de produção da usina de processamento, informou a empresa.

Os rejeitos gerados pelo processamento a úmido nas três linhas adicionais, em linha com requisitos e autorizações das autoridades competentes, continuarão a ser dispostos na cava de Timbopeba, uma estrutura confinada.

(Por Roberto Samora)