Mercado abrirá em 1 h 12 min

Vale informa a liberação do Complexo de Itabira

Rita Azevedo

Segundo a mineradora, as operações no complexo, composto pelas minas de Conceição, Cauê e Periquito, serão retomadas gradualmente A Vale recebeu nesta quarta-feira (17) o termo de suspensão de interdição do Complexo de Itabira da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho de Minas Gerais.

As atividades no local estavam paralisadas desde 05 de junho por decisão do próprio órgão, que, agora, segundo a Vale, concluiu que foram tomadas medidas adicionais para mitigar o risco de contaminação de trabalhadores.

A perda de produção no período foi inferior a 1 milhão de toneladas, segundo a companhia, e não alterou a projeção de produção de minério de ferro para 2020, de 310 a 330 milhões de toneladas.

Segundo a Vale, as operações no complexo, composto pelas minas de Conceição, Cauê e Periquito, serão retomadas gradualmente.

Análise: Liberação de Itabira reduz risco da Vale em meio à pandemia