Mercado abrirá em 4 h 19 min

Vale fornecerá 25 mil t de níquel ao ano em contrato com GM na América do Norte

Logo da Vale em unidade do Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - A Vale e a General Motors anunciaram nesta quinta-feira a assinatura de um acordo para o fornecimento de longo prazo de sulfato de níquel para baterias de veículos elétricos da montadora na América do Norte.

Nos termos do acordo, a Vale fornecerá o equivalente a 25.000 toneladas por ano de níquel contido, para uso nos cátodos das baterias Ultium da GM, que alimentarão um amplo portfólio de veículos elétricos, disse a mineradora em comunicado.

"A quantidade de níquel contida é suficiente para produzir aproximadamente 350.000 veículos anualmente. As entregas estão previstas para começar no segundo semestre de 2026", afirmou a Vale.

A mineradora disse que a produção destinada à GM deverá vir de uma unidade em Bécancour (Québec, Canadá), onde a Vale concluiu os estudos de pré-viabilidade da planta de sulfato de níquel.

O sulfato de níquel é o composto químico utilizado na produção de materiais ativos pré-catodo para baterias de íons de lítio à base de níquel.

"Este é um acordo importante para a divisão de metais básicos da Vale, que traz uma parceria chave com a GM nesta planta inédita no Canadá e na América do Norte", disse a vice-presidente executiva de Metais Básicos da Vale, Deshnee Naidoo.

"O projeto de sulfato de níquel proposto utilizará níquel de alta pureza e baixo teor de carbono de nossas refinarias canadenses e é uma extensão natural para nossos negócios, oferecendo vendas diversificadas com entrada rápida e ponto de ancoragem no mercado norte-americano de veículos elétricos".

A Vale e a GM também concordaram em estudar formas colaborativas de parceria no desenvolvimento de tecnologia avançada e caminhos de comercialização para recuperar metais reciclados.

(Por Roberto Samora)