Mercado abrirá em 37 mins
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,99
    -0,32 (-0,60%)
     
  • OURO

    1.869,70
    +3,20 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    32.680,04
    -822,06 (-2,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    648,83
    -51,78 (-7,39%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.742,14
    +1,75 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.347,25
    +53,00 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4202
    +0,0122 (+0,19%)
     

Vale diz que pagou US$4,5 bi em impostos e royalties em 2019, com 94% no Brasil

Por Luciano Costa
·1 minuto de leitura
.

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale <VALE3.SA> divulgou nesta quinta-feira que pagou um total de 4,5 bilhões de dólares em impostos e royalties em âmbito global devido às suas atividades em 2019, o equivalente a cerca de 23,2 bilhões de reais.

Em um relatório com dados fiscais do ano passado divulgado ao mercado, a companhia disse que a maior parte desses recursos, ou 4,25 bilhões de dólares, foi em pagamentos no Brasil, onde fica a sede da companhia e parte significativa de suas operações.

A Vale disse que o relatório, no qual afirma adotar uma "abordagem conservadora em relação ao planejamento tributário", visa fornecer informações sobre a estratégia tributária global da empresa e práticas para cumprimento das leis tributárias.

Os tributos pagos pela companhia envolveram 1,837 bilhão de dólares em tributos sobre a renda, 947 milhões de dólares em tributos sobre mineração e 631 milhões de dólares em taxas sobre produtos e serviços.