Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,18
    -0,47 (-0,56%)
     
  • OURO

    1.788,80
    -4,60 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    60.812,80
    -1.892,46 (-3,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.479,07
    -26,08 (-1,73%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.644,39
    -393,88 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    28.946,61
    -159,40 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    15.538,00
    -7,00 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4582
    +0,0041 (+0,06%)
     

Vale diz que circulação de trens no complexo Mariana está regularizada

·1 minuto de leitura
Logo da Vale

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou nesta quinta-feira a regularização da circulação de trens no complexo de Mariana, em Minas Gerais, após a Secretaria Regional do Trabalho (SRT) expedir um termo de "suspensão parcial" da interdição da unidade, próxima à barragem Xingu.

Segundo a Vale, a decisão deve permitir a operação regular da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) no Ramal Fábrica Nova.

Durante o período de interdição, anunciada em junho, a produção da usina de Timbopeba foi escoada através de trem não tripulado.

Além disso, disse a Vale, a desinterdição parcial permite o acesso à ponte rodoviária sobre o Rio Piracicaba.

"Ficam também liberados os acessos internos entre o site de Timbopeba e o site de Alegria", afirmou.

A Vale informa ainda que continuam suspensos o acesso de trabalhadores e a circulação de veículos na zona da inundação da barragem Xingu, "sendo permitido apenas, mediante rigoroso protocolo de segurança, o ingresso de pessoas que trabalham nas atividades de estabilização da estrutura".

A empresa destacou que a barragem Xingu permanece em nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM), em que não há risco iminente de ruptura, seguindo inalteradas as condições de segurança da estrutura.

A Zona de Autossalvamento (ZAS) da barragem permanece evacuada, não havendo a presença permanente de pessoas na área.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos