Mercado fechará em 6 h 36 min
  • BOVESPA

    119.410,72
    -153,72 (-0,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,30
    -0,33 (-0,50%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +8,80 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    57.286,33
    +1.420,60 (+2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.473,35
    +68,04 (+4,84%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,34 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.049,36
    +10,06 (+0,14%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.482,75
    -8,25 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4182
    -0,0087 (-0,14%)
     

Vale assina contrato definitivo com Mitsui por fatias em Moatize e CLN

·1 minuto de leitura
Logo da mineradora Vale visto em operações da companhia em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale assinou contrato definitivo com a Mitsui para aquisição da totalidade da participação do grupo japonês na mina de carvão de Moatize e no Corredor Logístico de Nacala (CLN), conforme acordo anunciado antes pelas empresas em janeiro.

O acerto final com a Mitsui marca uma etapa inicial do desinvestimento pela Vale de seu negócio de carvão, disse a companhia em comunicado na noite de segunda-feira, no qual destacou que o movimento está em linha com sua estratégia de disciplina na alocação de capital e simplificação de portfólio.

A Vale anunciou em janeiro que pagaria 1 dólar pela participação da Mitsui nos ativos de mina e logística de Moatize e CLN, localizados em Moçambique, na África, para posteriormente vendê-los.

A mineradora brasileira disse no comunicado desta segunda que a saída do carvão também reforça sua meta de se tornar uma líder em mineração de baixo carbono, bem como seu compromisso com o Acordo de Paris.

(Por Luciano Costa)