Mercado abrirá em 6 h 16 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,97
    +0,57 (+0,51%)
     
  • OURO

    1.810,20
    -8,70 (-0,48%)
     
  • BTC-USD

    29.937,20
    -488,46 (-1,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    672,67
    +429,99 (+177,18%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.653,96
    +51,44 (+0,25%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    12.521,25
    -39,00 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1986
    -0,0118 (-0,23%)
     

Vai ter calendário anual de vacinação contra covid no Brasil?

·3 min de leitura

Apesar do Brasil ter anunciado o fim da emergência sanitária da covid-19, ainda existem muitos desafios relacionados ao futuro do coronavírus SARS-CoV-2 no país, como a questão da vacinação. Por exemplo, a imunização pode se tornar anual como já ocorre com a gripe (influenza). No entanto, o Ministério da Saúde ainda não definiu como será e estuda possíveis cenários.

Segundo o ministro Marcelo Queiroga, a Saúde ainda não estabeleceu se será adotado um calendário definitivo de vacinação contra a covid-19 no Brasil. Caso seja implementado, não se sabe se novas doses do imunizante estarão disponíveis apenas para grupos prioritários ou para toda a população, como ocorreu com a terceira dose da vacina. Outra questão é a periodicidade das doses, como anual ou bianual.

Brasil estudo a necessidade e os custos de criar calendário anual de vacinação contra a covid-19 (Imagem: Reprodução/Freepik)
Brasil estudo a necessidade e os custos de criar calendário anual de vacinação contra a covid-19 (Imagem: Reprodução/Freepik)

Em paralelo, a questão da compra de doses da vacina por empresas privadas entra no radar da pasta. De acordo com o ministro, a Saúde pretende regulamentar a aquisição dos imunizantes por serviços de saúde privados, como clínicas e hospitais.

Questões do calendário de vacinação contra covid

"Vamos ter uma política em que a vacinação será recomendada apenas aos mais idosos? A partir de que idade? Será preciso vacinar as pessoas anualmente? Ou em intervalos menores? Ou maiores? E que vacinas serão afinal as mais apropriadas, diante de novas variantes que surgem? Tudo isso ainda está sendo estudado", explicou o ministro Queiroga. "Tudo isso também tem um custo que precisa ser analisado", complementou.

Independente de como será organizada as questões da vacinação contra a covid-19, Queiroga pontuou que "nenhuma política pública de interesse da sociedade brasileira será suspensa". Isso significa que as vacinas continuarão disponíveis nas Unidades Básica de Saúde (UBS) para quem ainda não recebeu a terceira e nem a quarta dose, de forma gratuita.

Modelo da covid pode ser o da gripe?

No momento, os Estados Unidos também discutem como deve evoluir a campanha de vacinação contra a covid-19. No país, já podem receber a quarta dose todos os que têm mais de 50 anos, independente da condição de saúde. Por lá, começa a se formar um consenso de que uma possível inspiração seja o calendário de imunização contra a gripe, que é anual.

Por exemplo, este é o caminho que sugere Anthony Fauci, imunologista e conselheiro médico do presidente Joe Biden. "Não sabemos disso como um fato, mas pode ser que precisemos de reforços anuais até atingirmos um nível tão baixo" de risco da covid para a sociedade norte-americana, explicou anteriormente. Para alcançar este objetivo, é possível que uma nova vacina seja necessária todos os anos, "da mesma forma que ajustamos as vacinas contra a gripe", aponta.

Na mesma direção, está a recomendação de Peter Marks, diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da Food and Drug Administration (FDA). Marks sugere que as vacinas sejam atualizadas anualmente, a partir das cepas da covid-19 de maior circulação. "Pode ser melhor ter uma abordagem unificada com uma seleção de cepas ou uma seleção de variantes, da mesma forma que fazemos para a gripe", comentou.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos