Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.770,98
    -2.010,58 (-3,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Avaliação de natureza do mercado de trabalho pós-Covid levará tempo, diz Powell

·2 min de leitura
Presidente do banco central dos EUA, Jerome Powell

Por Jonnelle Marte

(Reuters) - Chegar a um entendimento completo de como a dinâmica do mercado de trabalho foi afetada pela pandemia de Covid-19 levará algum tempo, disse o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, nesta quarta-feira.

Em coletiva de imprensa após a mais recente reunião de política monetária do Fed, Powell disse que a onda de infecções pela variante Delta neste verão (nos EUA) interrompeu o que havia sido um ritmo robusto de recuperação no mercado de trabalho num contexto de expectativas elevadas de que uma grande abertura de empregos persistisse em meio à expiração de benefícios turbinados a desempregados e à reabertura de escolas.

"Há espaço para muita humildade aqui enquanto tentamos pensar sobre o que seria o pleno emprego", disse Powell.

As pessoas continuam fora do mercado de trabalho em parte devido à Covid-19, com preocupações sobre o curso do vírus, e pode levar algum tempo para que se veja recuperação mais completa no emprego e na participação da força de trabalho.

O mercado de trabalho pré-pandemia pode não ser a melhor referência para avaliar como seria o pleno emprego, dadas as mudanças nas preferências dos consumidores e outras surpresas na forma como a economia se comportou durante a pandemia, disse Powell. As autoridades precisam ver como a economia evolui em um mundo onde não há um novo surto de infecções por coronavírus, disse ele.

"É um mundo diferente em tanto aspectos, e estamos muito abertos a isso", disse.

Uma coisa é clara: a economia ainda não atingiu o nível máximo de empregos, o que significa que ainda não é hora de aumentar as taxas de juros, disse Powell. Mas o mercado de trabalho pode atingir o pleno emprego na segunda metade do ano que vem se continuar a melhorar no mesmo ritmo visto no ano passado, pontuou.

Os membros do Fed vão observar os níveis de emprego, participação da força de trabalho, salários e taxas de demissão, entre outros indicadores, para fazer um julgamento sobre o mercado de trabalho, disse Powell.

"O aprendizado para aqueles de nós que vivemos o último ciclo é que com o tempo você pode chegar a lugares que não pareciam possíveis", disse Powell.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos