Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    49.529,11
    +981,14 (+2,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Vai ficar mais fácil encontrar os jogos instalados em um celular com Android

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

O Google Play Games logo pode introduzir a pasta de jogos automática na tela principal do Android. O HUB de jogos estendeu suas funcionalidades para a criação de atalhos, permitindo que games instalados no celular sejam adicionados num diretório inteligente para acesso rápido.

Em janeiro, o pessoal da XDA Developers antecipou a novidade ao investigar o código do app, mas ainda era necessário esperar até que entrasse em ação. Recentemente, o site recebeu relatos de que a pasta automática começou a funcionar e passou a reunir todos os títulos num ícone único colocado na área de trabalho depois de ter oferecido o recurso no Play Games.

A "Games" funciona como uma espécie de pasta com atalhos, mas com visual e comportamento de widget do Google Play Games. Qualquer jogo baixado reconhecido pelo app é colocado lá em forma de lista — que pode ser reordenada em ordem alfabética, jogos recentemente acessados ou atualizados. Na barra superior, a seta abre novamente o HUB do Google.

A pasta especial não remove nenhum ícone da bandeja de aplicativos, tampouco toma conta da área de trabalho para poupar o trabalho de realocar os ícones. Se juntar todos num único ponto de acesso é mais agradável, a remoção dos outros atalhos para os jogos deverá ser feita manualmente.

O “agregador de jogos” automático pode não ser uma novidade para todos os usuários do Android. Na One UI da Samsung, por exemplo, coisa parecida já acontece no Game Launcher, que pode reunir todos os ícones de jogos para desafogar a gaveta de aplicativos e ser adicionado como atalho à tela principal.

Assim como várias outras novidades menores de apps do Google, essa pasta de aplicativos deve estar sendo encaminhada através de autorização dos servidores — ou seja, sem exigir atualizações ou qualquer ação do usuário. Não há formas de acelerar a chegada do recurso, se ainda não chegou, fique de olho no Google Play Games até que ele ofereça a organização automática.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: