Mercado abrirá em 3 h 8 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,48
    +0,57 (+0,80%)
     
  • OURO

    1.862,00
    -17,60 (-0,94%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    907,39
    -34,43 (-3,66%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.160,69
    +26,63 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.029,50
    +35,25 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Vacinar-se para flertar? Aplicativos de namoro lançam campanha nos EUA

·2 minuto de leitura
No Tinder, os usuários poderão anexar um crachá "Estou vacinado" em seus perfis, anunciou a Casa Branca

No mundo do namoro on-line, vale de tudo para encontrar um parceiro. E nos Estados Unidos, a Casa Branca quer fazer da vacinação anticovid o argumento definitivo.

Tinder, Hinge, Match, OkCupid, BLK, Chispa, Plenty of Fish, Bumble e Badoo: os principais aplicativos de namoro se uniram a essa iniciativa, oferecendo uma nova função, para que os usuários possam indicar se estão vacinados contra a covid-19, anunciou o Executivo americano nesta sexta-feira (21).

Nos últimos meses, muitos usuários já haviam optado por incluir a informação em seu perfil, e é comum ver a frase "completamente vacinado" nas apresentações pessoais. A Casa Branca quer agora incentivar essa tendência, na esperança de promover sua campanha de imunização, cujo ritmo diminuiu drasticamente desde abril.

No Tinder, os usuários poderão anexar um crachá "Estou vacinado" aos seus perfis. Eles também terão acesso a recursos "premium", como a capacidade de "gostar muito" de alguém, permitindo-lhes sinalizar seu alto interesse.

O Hinge, por sua vez, dará acesso a uma "rosa" gratuita para oferecer a quem chamou sua atenção. No OkCupid, as pessoas vacinadas poderão "impulsionar" seu perfil, para aparecerem com prioridade na tela de suas possíveis "correspondências".

Todos os usuários também poderão aplicar um filtro para encontrar um parceiro apenas entre os vacinados. Entre os aplicativos, estão o BLK, voltado para negros, e o Chispa, amplamente utilizado pela comunidade hispânica nos Estados Unidos.

Ser vacinado também pode fazer mais pelos amantes do que mantê-los saudáveis. "De acordo com a pesquisa do OKCupid, as pessoas vacinadas, ou que planejam ser vacinadas, recebem 14% mais curtidas do que aquelas que não planejam ser vacinadas", assinalou a Casa Branca.

Nos Estados Unidos, mais de 60% dos adultos (cerca de 160 milhões de pessoas) já receberam pelo menos uma dose de uma das três vacinas autorizadas no país. O presidente Joe Biden estabeleceu uma meta de atingir 70% até 4 de julho.

la-ad/gma/ap/lb