Mercado abrirá em 6 h 30 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,39
    +0,31 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.776,20
    -7,20 (-0,40%)
     
  • BTC-USD

    32.843,42
    -1.330,16 (-3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    792,11
    -18,08 (-2,23%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.882,20
    +65,13 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.298,50
    +35,50 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9297
    +0,0012 (+0,02%)
     

Vacinados em Hong Kong concorrem a apartamento de US$ 1,4 milhão

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Incorporadoras de Hong Kong estão oferecendo um apartamento de US$ 1,4 milhão como prêmio para residentes que foram imunizados contra a Covid-19, quando autoridades enfrentam resistência da população em se vacinar.

A Ng Teng Fong Charitable Foundation, unidade filantrópica do Sino Group, e a Chinese Estates Holdings estão oferecendo um apartamento totalmente novo em seu projeto Grand Central na área de Kwun Tong, disseram as empresas em comunicado na sexta-feira.

Residentes de Hong Kong vacinados com duas doses são elegíveis para o sorteio, que premiará o apartamento de 42 metros quadrados. O Sino Group controla a Sino Land Co., incorporadora listada em Hong Kong.

Diante da baixa taxa de vacinação, o governo de Hong Kong estuda opções como doações de doses de vacinas não utilizadas, algumas das quais devem expirar em agosto. Autoridades disseram que o excedente pode prejudicar futuras compras de vacinas.

O governo de Hong Kong tem trabalhado para incentivar residentes a tomarem vacinas com medidas como reabertura de bares e redução do período de quarentena. Ainda assim, nesta semana a chefe do executivo de Hong, Kong, Carrie Lam, rejeitou a ideia de oferecer dinheiro ou incentivos desse tipo para aumentar a taxa de imunização em meio à alta demanda por vacinas no mundo todo.

Apesar de ser um dos poucos lugares a disponibilizar imunizantes para todos os adultos, apenas 12,6% da população de 7,5 milhões já foi totalmente vacinada, de acordo com o rastreador de vacinas contra a Covid-19 da Bloomberg, muito abaixo do centro financeiro Singapura, com 28,3%.

Um apartamento grátis certamente é um chamariz em Hong Kong, onde os preços dos imóveis são os mais altos do mundo. Os valores de imóveis privados atingiram o maior nível em 21 meses em abril, segundo dados do governo.

Partes dos Estados Unidos promoveram loterias para incentivar a vacinação. Nova York, Ohio, Maryland, Kentucky e Oregon ofereceram prêmios para residentes vacinados.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos