Mercado abrirá em 8 h 45 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,22
    -0,43 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.788,50
    -4,90 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    60.617,07
    -2.138,70 (-3,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.473,75
    -31,40 (-2,09%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.596,82
    -441,45 (-1,70%)
     
  • NIKKEI

    28.946,61
    -159,40 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    15.538,25
    -6,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4575
    +0,0034 (+0,05%)
     

Vacina da Pfizer é segura para crianças a partir dos 5 anos, diz farmacêutica

·2 minuto de leitura

Nesta segunda-feira (20), a farmacêutica norte-americana Pfizer e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech anunciaram os resultados do estudo da fórmula de mRNA (RNA mensageiro) contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. Segundo os desenvolvedores, o imunizante contra o coronavírus SARS-CoV-2 é seguro e eficaz para esta faixa etária.

Em inúmeros países, como os Estados Unidos e o Brasil, crianças com 12 anos ou mais já podem receber a fórmula da Pfizer/BioNTech. Agora, o novo estudo chega em bom momento, já que, nos EUA, um em cada cinco novos casos da covid-19 é observado em crianças e adolescentes. Além disso, o país registra o maior número de crianças internadas em hospitais desde o início da pandemia.

Estudo da Pfizer aponta eficácia e segurança da vacina contra a covid-19 em crianças de 5 até 11 anos (Imagem: Reprodução/Garakta-Studio/Envato Elements)
Estudo da Pfizer aponta eficácia e segurança da vacina contra a covid-19 em crianças de 5 até 11 anos (Imagem: Reprodução/Garakta-Studio/Envato Elements)

Até o momento, não foram divulgados dados detalhados do ensaio clínico e as descobertas ainda não foram revisadas por pares e nem publicadas em uma revista científica. No entanto, os resultados apresentados seguem o mesmo padrão do que já foi observado em adolescentes e em adultos imunizados, segundo especialistas ouvidos pelo NYT.

Autorização de uso em crianças?

A Pfizer e a BioNTech planejam solicitar de uso emergencial da fórmula para a agência norte-americana Food and Drug Administration (FDA) até o final deste mês. Caso a análise regulatória repita o mesmo padrão observado na aprovação da fórmula contra a covid-19 para adolescentes e adultos, as crianças poderão ser imunizadas a partir da metade de outubro. Após aprovação nos EUA, pedido deve ser feito em outros países do globo.

Além das crianças com 5 anos ou mais, a Pfizer também coordena um estudo clínico para avaliar a eficácia e segurança do imunizante em pessoas ainda mais jovens. São dois grupos diferentes: a partir dos seis meses até os 2 anos; e dos 2 anos até os 5 anos.

No entanto, os resultados do teste para crianças menores de 5 anos não devem ser divulgados até o quarto trimestre deste ano, segundo Bill Gruber, vice-presidente da farmacêutica Pfizer e pediatra.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos