Mercado abrirá em 8 h 32 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,87
    +0,89 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.759,30
    +7,60 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    44.045,33
    +1.892,23 (+4,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.099,38
    -3,68 (-0,33%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.259,75
    +67,59 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    30.269,37
    +20,56 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    15.371,00
    +52,25 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2580
    +0,0024 (+0,04%)
     

Vacina da AstraZeneca contra covid mostra potencial entre pacientes com HIV

·1 minuto de leitura

Um novo estudo, publicado na revista The Lancet, demonstra que a vacina contra covid-19 de Oxford/AstraZeneca tem boas chances de funcionar mesmo entre pacientes com HIV.

A conclusão ainda é preliminar, já que o ensaio clínico é de fase 1/2, o que permite aferir a segurança e a imunogenicidade da vacina, ou seja, sua capacidade de induzir a produção de anticorpos e outros tipos de respostas do organismo. O estudo, no entanto, não mede a eficácia do imunizante.

A pesquisa foi conduzida na África do Sul, país conhecido pela alta prevalência do HIV em sua população. Foram recrutadas 104 pessoas infectadas e mais 70 negativas para o vírus.

HIV descontrolado é um dos fatores de risco da covid-19 (Imagem: jcomp/Freepik)
HIV descontrolado é um dos fatores de risco da covid-19 (Imagem: jcomp/Freepik)

Os participantes soropositivos tinham um requisito importante: eles precisavam estar realizando terapia antirretroviral (ART) por pelo menos três meses, e a carga viral de HIV no plasma sanguíneo deveria ser inferior a 1.000 cópias por microlitro.

Dentro desse estudo, a vacina da AstraZeneca se mostrou segura e bem tolerada, sem reações incomuns e perigosas, entre os pacientes com HIV. O estudo também demonstrou um bom perfil de imunogenicidade em comparação com os participantes soronegativos para o vírus.

O resultado será importante para entender o quão potente é a proteção das vacinas nessa população. Portadores de HIV/AIDS são considerados grupo de risco da covid-19 porque sua resposta imunológica natural tende a ser suprimida se o paciente não realizar tratamento antirretroviral para controlar o HIV.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos