Mercado fechará em 2 h 2 min
  • BOVESPA

    130.128,75
    +37,67 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.728,70
    -179,48 (-0,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,02
    -0,10 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.861,30
    +4,90 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    39.002,78
    -1.694,31 (-4,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    964,15
    -28,32 (-2,85%)
     
  • S&P500

    4.234,99
    -11,60 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.154,71
    -144,62 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,69 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    14.033,25
    +3,00 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0630
    -0,0549 (-0,90%)
     

Vacinação de pessoas com deficiência e comorbidades a partir de 50 anos começa dia 14 em SP

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (7) que iniciará a vacinação contra o coronavírus de pessoas com comorbidades e deficiências permanentes entre 50 e 54 anos a partir do dia 14 de maio no estado de São Paulo.

"Este grupo não estava na programação de vacinação dos grupos já anunciados. Vamos iniciar essa vacinação para pessoas com deficiência permanente e comorbidades, na faixa etária entre 50 e 54 anos, na próxima sexta-feira, 14 de maio. O público estimado é de 865 mil pessoas", disse Doria.

Segundo o governo, as comorbidades são as definidas pelo Ministério da Saúde. No caso de pessoas com deficiência, aquelas que inscritas no BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social).

O público estimado é de 865 mil pessoas.

A partir de terça-feira (11), serão vacinadas as gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) acima de 18 anos e com comorbidades. No mesmo dia, também haverá imunização de pessoas com deficiência permanente entre 55 e 59 anos. Um dia depois, no dia 12, será a vez de pessoas com comorbidades desta mesma faixa etária.

CORONAVAC

Atualmente, todos insumos para Coronavac já foram totalmente processados. Dimas Covas, do Instituto Butantan, disse que a nova remessa de insumos para a vacina a previsão confirmada é de 4 mil litros, que deve chegar no máximo até o dia 18.

O governo aguarda a liberação pelo governo da China a liberação de mais insumos. Na quinta (6), o Butantan disse que as críticas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prejudicam na autorização de envio de insumos.

Em relação à Butanvac, que será fabricada totalmente pelo instituto, estão em processo de fabricação de 6 milhões de doses, diz ele.

*

Veja as comorbidades incluídas

- Doenças Cardiovasculares

- Insuficiência cardíaca (IC)

- Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar

- Cardiopatia hipertensiva

- Síndromes coronarianas

- Valvopatias

- Miocardiopatias e Pericardiopatias

- Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

- Arritmias cardíacas

- Cardiopatias congênitas no adulto

- Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados

- Diabetes mellitus

- Pneumopatias crônicas graves

- Hipertensão arterial resistente (HAR)

- Hipertensão arterial - estágio 3

- Hipertensão arterial - estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade

- Doença Cerebrovascular

- Doença renal crônica

- Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer).

- Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)

- Obesidade mórbida

- Cirrose hepática