Mercado abrirá em 2 hs
  • BOVESPA

    110.334,83
    +299,66 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.784,58
    +191,67 (+0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,56
    -0,08 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.727,80
    +4,80 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    48.743,49
    +1.450,15 (+3,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,93
    -6,72 (-0,68%)
     
  • S&P500

    3.901,82
    +90,67 (+2,38%)
     
  • DOW JONES

    31.535,51
    +603,14 (+1,95%)
     
  • FTSE

    6.622,99
    +34,46 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.095,86
    -356,71 (-1,21%)
     
  • NIKKEI

    29.408,17
    -255,33 (-0,86%)
     
  • NASDAQ

    13.228,50
    -51,25 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7721
    -0,0235 (-0,35%)
     

Vacinação contra a Covid-19 em Niterói ocorrerá em cem pontos e terá drive-thru no Centro

Leonardo Sodré
·1 minuto de leitura
Agência O Globo / Fábio Guimarães/11-9-2019

NITERÓI — A prefeitura anunciou que está pronta para iniciar a imunização contra a Covid-19 em Niterói na próxima quarta-feira, se for confirmada a chegada das primeiras remessas de vacinas prometidas pelo Ministério da Saúde. Segundo o planejamento do município, serão cem pontos de vacinação, sendo um no esquema drive-thru no Caminho Niemeyer. Nesta primeira fase, receberão as doses os profissionais de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência, como casas de repouso e abrigos.

Os idosos acima de 60 anos que moram em instituições de acolhimento receberão a vacina no local, em horários agendados por equipes da Secretaria municipal de Saúde. A vacinação para profissionais da área será feita nas unidades onde eles trabalham, sejam públicas ou particulares. Os que são autônomos deverão procurar uma das 54 salas de vacinação da rede básica mais próxima de sua residência, com o documento de registro profissional.

Com a proibição da compra de vacinas, Niterói entrou no Plano Nacional de Imunização do Governo Federal e espera a entrega das doses. O Ministério da Saúde aguarda a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que está analisando os pedidos de uso emergencial das vacinas Oxford/AstraZeneca e CoronaVac, e da chegada ao Brasil das doses. A prefeitura será responsável por logística, distribuição das salas de vacinação, refrigeração, armazenamento e segurança dos insumos.

O prefeito Axel Grael afirmou que Niterói conta com os insumos necessários e que em três dias pode ter equipe disponível para a vacinação. Durante transmissão nas redes sociais da prefeitura na quinta-feira, afirmou que a quantidade de vacinas prometida pelo Ministério da Saúde será proporcional à população da cidade.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)