Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.966,64
    -7,89 (-0,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Vídeos mostram piloto automático da Tesla “perdidinho” na neve

Não faz muito tempo que viralizou um compilado de vídeos mostrando como o Full Self-Driving (FSD), piloto automático que equipa os carros da Tesla, se comporta em situações inusitadas. Agora, graças ao canal Bruce The Model 3, poderemos ver como um carro equipado com o Auto Pilot se vira em pistas cobertas de neve.

O teste foi realizado nas autopistas de Edmonton, no Canadá, e mostrou que o piloto automático da Tesla ainda tem muito a evoluir para encarar este tipo de adversidade, comum em países que enfrentam meses com temperaturas abaixo de zero, ou seja, sujeitos às nevascas.

O youtuber postou dois vídeos sobre a experiência, um com pouco mais de 5 minutos e o outro mais curto, com cerca de 4 minutos e meio. No primeiro deles, é possível observar que em alguns momentos o carro tende a ficar puxando mais para o lado direito da pista. Em outros, ele simplesmente evita andar nos trechos limpos pela passagem anterior de outros carros e insiste em permanecer no terreno com neve.

Logo no início, aos 52 segundos, também dá para perceber que, após passar por um cruzamento e virar à esquerda, o sistema, sem explicação alguma, desengata automaticamente o FSD e obriga o motorista a assumir o controle. “Não foi uma aceleração agressiva, mas, pelas condições da pista, foi um pouco excessiva”, comentou o youtuber.

Ao final dos quase 10 minutos de produção (somados os dois vídeos), o responsável pela postagem afirmou que o uso do Auto Pilot em pistas cobertas por neve foi uma experiência “bastante brutal”, tamanha a inconsistência apresentada pelo Piloto Automático durante todo o trajeto. Vale pontuar, no entanto, que o carro testado estava com a versão 10.69.2.4 do FSD, que não é a mais recente do firmware (10.69.3), ainda não disponibilizada para todos os proprietários.

Falhas também no asfalto

As falhas do sistema não são exclusividade das pistas cobertas de neve e gelo. O Piloto Automático da Tesla e o sistema FSD têm sido alvo de constantes investigações por parte da NHTSA (Administração Nacional de Segurança Rodoviária), órgão responsável pela segurança rodoviária nos Estados Unidos.

Elon Musk, CEO da Tesla, prometeu uma nova atualização em breve para o sistema. Segundo ele, a ideia é que o carro independa 100% da ação do motorista. “A pessoa no banco do motorista está lá apenas por motivos legais. Ele não está fazendo nada. O carro está dirigindo sozinho”, diz um vídeo promocional.

Em seu site oficial, porém, ainda persiste o alerta para que os motoristas permaneçam com as mãos ao volante enquanto usam o piloto automático. A explicação é que a tecnologia foi projetada para auxiliar na direção, frenagem, velocidade e mudanças de faixa, mas seus recursos não visam "tornar o veículo autônomo".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: