Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.718,82
    +573,40 (+1,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Vídeo mostra a Google Play Store rodando no Windows 11; assista

·2 min de leitura

Nos últimos dias, os desenvolvedores começaram virar noites em claro para conseguir instalar a Google Play Store no Windows 11, o que levaria toda a biblioteca de aplicativos do Android para o sistema. Avanços consideráveis foram feitos e alguns conseguiram reproduzir isso com algum sucesso (e boas doses de gambiarra), embora até então ninguém tivesse visto isso na prática.

Agora, Tom Warren, do site The Verge, conseguiu registrar em vídeo a loja oficial do Android funcional. Para realizar o feito, ele seguiu um tutorial produzido por um estudante de UX italiano, com o apelido de ADeltaX no YouTube, com as instruções de habilitação do serviço.

Embora seja lindo ver tudo funcionando tão bem, o processo de execução é bem complicado, pois envolve o uso de ferramentas como o Windows Subsystem for Linux (WSA) e o carregamento de arquivos hospedados no Github. Se você não está acostumado com os comandos do Linux, dá para tentar superar esse passo com uma ferramenta criada por um desenvolvedor e disponível na Microsoft Store que permitirá o sideload de aplicativos — isso não funcionará em apps que dependem das APIs do Google Play Services, mas simplifica muito o processo.

Vem, Android, vem

Desde o anúncio do Windows 11 que os usuários aguardam ansiosamente a chegada do suporte nativo aos apps de Android. Com o desembarque confirmado, a empresa não conseguiu entregar a tempo a ferramenta, mas prometeu que o faria nos próximos meses. Se a técnica for aprimorada, o usuário não precisará ficar refém dos cerca de 50 aplicativos da Amazon Appstore, limitação imposta pela Microsoft.

Por enquanto, não há uma data definida de quando os usuários regulares poderão baixar e executar seus APKs nem se pretende trazer a loja oficial do Google algum dia. Só resta torcer para que não leve muito tempo e, principalmente, que as amarras sejam retiradas para o pleno aproveitação da compatibilidade do Windows com o Android.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos