Mercado abrirá em 53 mins
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,94
    +0,33 (+0,63%)
     
  • OURO

    1.844,30
    -6,60 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    31.549,73
    -550,14 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    633,73
    -6,19 (-0,97%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.625,95
    -28,06 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.528,00
    +42,50 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4942
    -0,0166 (-0,25%)
     

Vídeo mostra detalhes de como são os trajes espaciais futuristas da SpaceX

Daniele Cavalcante
·2 minuto de leitura

Quando os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley foram enviados à ISS em uma nave da SpaceX, eles utilizaram um traje especialmente projetado e confeccionado pela própria empresa de Elon Musk. Agora, podemos conhecer um pouco mais sobre essa peça importante das viagens espaciais, graças a um vídeo que mostra os bastidores dessa produção.

Mais do que elegante e com ares hollywoodianos, o traje da SpaceX se ajusta perfeitamente à cabine da cápsula Crew Dragon e suas funções. Esse é um dos motivos que levaram a empresa a decidir criar essas vestes por conta própria, uma decisão incomum - até mesmo a NASA prefere contratar empresas especializadas no assunto.

Tudo acontece na própria sede da SpaceX, em Hawthorne, Califórnia. Os trajes exclusivos e futuristas precisavam ser um complemento perfeito da Crew Dragon, tanto estética quanto funcionalmente. Por isso, a empresa deveria ter todo o controle do design e funções, nos mínimos detalhes.

Chris Trigg da SpaceX, gerente de trajes espaciais e de tripulação, e Maria Sundeen, especialista líder no assunto, apresentam o vídeo dos bastidores, revelando o conceito, processos de design e a produção do traje. Trigg observa que o traje é, literalmente, parte do sistema que inclui o assento da nave, e foi projetado para conectar e fornecer automaticamente tudo o que os astronautas eles precisam.

Isso significa que eles contam com um sistema de comunicação e controle de temperatura embutidos, além de rádio e microfones acoplados ao capacete e fornecimento de ar e energia elétrica através de uma espécie de cabo umbilical, conectado ao assento do astronauta. Além disso, são resistentes a chamas e impactos.

Também foi necessário criar luvas que proporcionassem pressurização e proteção, mas sem que os astronautas perdessem a capacidade de interagir com a tela sensível ao toque a bordo da nave. Tudo foi projetado para ser plug-and-play, ou seja, cada equipamento é “algo que a equipe literalmente precisa conectar quando se senta e, em seguida, o traje se encarrega de tudo a partir daí”, disse Trigg. “É realmente uma parte do veículo”.

Bob Behnken e Doug Hurley vestirão o traje novamente no final desta semana, quando entrarem na Crew Dragon para voltar à Terra. A nave deve deixar a ISS em 1º de agosto e mergulhar no Oceano Atlântico com astronautas a bordo no dia seguinte, se as condições climáticas permitirem.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: