Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,57
    +0,21 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.785,90
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    50.598,61
    -103,46 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.325,28
    +20,16 (+1,54%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.855,82
    -4,80 (-0,02%)
     
  • NASDAQ

    16.377,50
    -14,75 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2796
    +0,0055 (+0,09%)
     

Vídeo mostra avião "resgatando" drone ultrassecreto em pleno voo; assista

·2 min de leitura

A DARPA, Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos, revelou que um avião cargueiro, modelo Hercules C-130, executou com êxito a missão de recuperar um drone ultrassecreto em pleno voo. Um vídeo divulgado pela agência mostrou como o X-61A Gremlins (GAV) foi recuperado, em uma ação antes inédita.

Paul Calhoun, gerente do programa Gremlins no Escritório de Tecnologia Tática (TTO) da DARPA, comemorou o sucesso da missão, que foi realizada em outubro pelo Exército dos Estados Unidos, nos céus da região de Dugway Proving Ground, Utah. “Esta recuperação foi o culminar de anos de trabalho árduo e demonstra a viabilidade de uma recuperação aerotransportada segura e confiável. Essa capacidade provavelmente será crítica para futuras operações aéreas distribuídas”, projetou.

Como foi o teste

De acordo com o comunicado obtido pelo pessoal do Defense Post, o teste contou com várias fases. Em uma delas, dois pequenos drones realizaram várias formações de vôo, até que o C-130 conseguisse agarrar um deles. Um terceiro drone Gremlins, que também participava dos testes, foi destruído.

"Durante o experimento final, a equipe recondicionou um veículo X-61 e conduziu um segundo voo em 24 horas úteis. Além disso, muitas horas de dados foram coletados em quatro voos, incluindo desempenho do veículo aéreo, interações aerodinâmicas entre a bala de recuperação e o GAV e dinâmica de contato para recuperação aerotransportada. Infelizmente, um GAV foi destruído durante os testes de vôo", divulgou o órgão.

Os projetos da DARPA preveem que aviões bombardeiros, de carga ou aeronaves menores atuando como naves-mãe possam levar várias cargas, desde sensores de guerra eletrônicas a armamentos de energia direcionada, e até pequenas ogivas. Eles também podem ser lançados de vários tipos de aeronaves militares, mantendo as plataformas tripuladas com segurança, além do alcance das defesas adversárias. Após a recuperação aérea, os GAVs (ou Gremlins) podem ser recondicionados por equipes de solo para prepará-los para outra missão em 24 horas.

Os drones que eles carregam, portanto, voariam para zonas de perigo e conduziriam missões de vigilância, reconhecimento ou guerra eletrônica. Calhoun disse que a agência continuará a colaborar com a Força Aérea para analisar ainda mais todos os dados coletados no teste de voo para determinar os próximos passos para a tecnologia Gremlins.

"Vamos levar algum tempo para aproveitar o sucesso desta implantação e, em seguida, voltar a trabalhar analisando os dados e determinando as próximas etapas para a tecnologia Gremlins", concluiu.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos