Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.927,79
    +1.397,79 (+1,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.744,92
    -185,48 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,27
    +0,45 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.817,30
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    43.191,02
    -42,94 (-0,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.037,76
    +12,03 (+1,17%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.542,95
    -20,90 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.383,32
    -46,48 (-0,19%)
     
  • NIKKEI

    28.124,28
    -364,82 (-1,28%)
     
  • NASDAQ

    15.616,75
    +21,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3107
    -0,0221 (-0,35%)
     

Usuários de iPhone poderão consertar seus aparelhos sozinhos

·1 min de leitura
Pessoa segurando um iPhone
Os primeiros aparelhos contemplados são os iPhone 12 e iPhone 13

(Getty Images)

  • Apple lança kit caseiro para reparos nos iPhones 

  • Usuários poderão consertar tela, bateria e câmera sem ter que procurar assistência técnica credenciada

  • Novidade chega aos EUA em 2022

A Apple lançou nesta quarta-feira (17) um kit caseiro que permite que os próprios usuários façam reparos nos iPhones. A novidade chega aos Estados Unidos no começo de 2022 e com possibilidade de ser expandida a outras regiões.

Leia também:

O conjunto conta com mais de 200 itens que incluem peças e ferramentas usadas pelo serviço de manutenção da marca, além de manual de instruções. Os primeiros aparelhos contemplados são os iPhone 12 e iPhone 13, mas espera-se que os Macs com chip M1 entrem no serviço.

As possibilidades de conserto são focadas, principalmente, em tela, bateria e câmera. As informações são do TecMundo.

Garantia não cobre danos causados durante os reparos

Apesar do kit permitir que os usuários não precisem procurar assistência técnica credenciada e especializada, a Apple frisa que as peças são destinadas a "técnicos individuais e com conhecimento e experiência para consertar dispositivos eletrônicos".

Dessa forma, os usuários que têm receio ou nenhum conhecimento em realizar reparos devem tomar cuidado, já que a garantia do aparelho – que se mantém intacta, segundo o site The Verge – não cobre danos causados durante os procedimentos.

O programa Self Service Repair surge após a Apple receber uma série de críticas com relação a falta de reparabilidade de seus produtos. A marca também foi alvo de polêmicas após ter uma série de vídeos vazados onde ensina assistentes técnicos a terem argumentos para fazerem os clientes gastarem mais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos