Mercado abrirá em 7 mins
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,21
    -1,35 (-1,91%)
     
  • OURO

    1.828,50
    +14,40 (+0,79%)
     
  • BTC-USD

    38.540,68
    +137,82 (+0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    945,09
    +1,65 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.123,41
    +17,69 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.033,00
    -13,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1677
    +0,0022 (+0,04%)
     

Usuários do Twitter poderão limitar respostas a um tweet já publicado

·2 minuto de leitura
Usuários do Twitter poderão limitar respostas a um tweet já publicado
Usuários do Twitter poderão limitar respostas a um tweet já publicado

O Twitter afirmou nesta terça-feira (13) que os usuários da rede social agora poderão alterar as permissões de resposta aos tweets mesmo depois que as mensagens tenham sido publicadas na plataforma.

Anteriormente, só era possível limitar as respostas antes dos tweets serem postados e se os usuários quisessem limitar o recurso teriam que apagar a mensagem e postá-la novamente, o que é pouquíssimo prático.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A nova ferramenta havia sido prevista pela famosa analista Jane Manchun, especialista em encontrar futuras funções em aplicativos.

O anúncio oficial foi feito através de uma conta oficial do próprio Twitter. A função será disponibilizada para todos os usuários da plataforma.

Com a nova função, os usuários podem controlar a interação na sua página, principalmente, naquelas postagens que ganham grande repercussão repentinamente. Caso a ferramenta seja ativada, só será possível adicionar um comentário utilizando a função de retweet.

Leia também!

Não foi verificado? Twitter explica qual é o problema

O Twitter anunciou planos para explicar mais detalhadamente o motivo de certos usuários não atenderem aos seus requisitos de verificação. A plataforma quer que eles saibam por que, em detalhes, as pessoas falharam em sua busca pelo famoso cheque azul.

“Ouvimos seu feedback de que podemos ser mais claros sobre o motivo pelo qual um aplicativo não foi aprovado”, escreveu a empresa . A marca complementou que “os e-mails de decisão agora darão mais contexto sobre por que as solicitações não atendem aos nossos critérios.”

“[Nós] sabemos que e-mails de rejeição genéricos eram confusos e frustrantes para as pessoas”, acrescentou o gerente de produto do Twitter, B Byrne , “portanto, obter informações mais específicas nos e-mails sobre decisões de verificação tem sido a principal prioridade de nossa equipe.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos