Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.190,49
    -3.634,50 (-9,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Usuário transforma tela secundária do LG Wing em celular super compacto

·2 min de leitura

Quando a LG lançou o Wing 5G em outubro de 2020, muita gente se perguntou para que serviria um modelo com construção que se abre em formato de "T" — sendo vistos casos de uso em que a parte separada da tela era usada para exibir informações ou controles adicionais para o app aberto, por exemplo. Porém, um usuário resolveu imlpementar um uso curioso para o display secundário do dispositivo: torná-lo um aparelho separado, com dimensões muito mais compactas do que qualquer outro smartphone disponibilizado atualmente.

Os detalhes do produto foram divulgados no Bilibili, um site chinês equivalente ao YouTube. Nele, um vídeo mostra as etapas necessárias para a transformação, em que os componentes internos precisam ser deslocados e encaixados em um espaço bastante pequeno — a bateria, por exemplo, tem basicamente o mesmo tamanho do painel inteiro, o que já complica bastante o processo de montagem.

Mesmo assim, o usuário perseverou e conseguiu montar diversos componentes, como câmeras, placa-mãe, processador, RAM, armazenamento, e outras peças essenciais para fazer com que ele funcione basicamente da mesma forma que qualquer smartphone Android. Porém, não é certo se ele precisou retirar por completo algum componente secundário, como microfones, alto-falantes e sensores, por exemplo.

LG Wing modificado parece funcionar normalmente (Imagem: Bilibili)
LG Wing modificado parece funcionar normalmente (Imagem: Bilibili)

Além disso, por conta da bateria, o "novo aparelho" tem uma espessura bastante grande, o que poderia causar incômodos ao ser colocado no bolso, por exemplo — é claro que esse celular não tem nenhum objetivo concreto em relação a sua praticidade.

De qualquer forma, no final das contas o importante é que o dispositivo funciona corretamente, e o software apresenta um nível de integração bastante satisfatório. Naturalmente, alguns aplicativos deverão apresentar bugs, mas a navegação pelos menus parece acontecer de forma natural, e ajustes simples podem ser realizados de forma rápida.

Porém, é preciso retomar a pergunta do primeiro parágrafo: para que serve? Novamente, ninguém sabe. Mas, pelo menos no fator curiosidade, o "LG Wingless" ganha vários pontos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos