Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,32
    -0,69 (-0,78%)
     
  • OURO

    1.789,10
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    23.278,94
    +102,95 (+0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,20
    -2,02 (-0,38%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.439,74
    -8,32 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.201,94
    +27,94 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.175,87
    +243,67 (+0,87%)
     
  • NASDAQ

    13.221,75
    -7,00 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2565
    -0,0840 (-1,57%)
     

USP abre hub para enfrentar novas pandemias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A USP inaugura nesta quarta (3) o Hub Ciências da Vida, que pretende se tornar um celeiro de startups da área de saúde e desenvolver e testar tecnologias para ajudar no enfrentamento de futuras pandemias.

Capitaneado pela USP e pelo Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares) e articulado pelo Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia), o espaço ocupará 20 mil metros quadrados no campus do Butantã, em São Paulo.

O Cietec atribui a criação do hub a uma articulação nacional que envolve institutos como o Emílio Ribas e o Butantan, empresas como L´Oréal e Merck, além do Governo de São Paulo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos