Mercado fechará em 6 h 14 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,71
    +0,14 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.779,70
    -4,60 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    56.464,94
    -729,56 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.440,88
    -28,20 (-1,92%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.106,62
    -62,06 (-0,87%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.836,25
    -33,50 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4272
    -0,0196 (-0,30%)
     

Uso de máscara continua obrigatório em São Paulo até dezembro, diz prefeitura

·1 min de leitura

Nesta quarta-feira (10), a prefeitura de São Paulo anunciou a decisão de prolongar a obrigatoriedade do uso de máscara pelo menos até o mês de dezembro. A medida pode ser flexibilizada a partir do dia 5, sob algumas condições: 95% da população acima de 12 anos completamente imunizadas e número de casos e mortes em queda.

Essas condições foram estabelecidas com base em um estudo realizado por técnicos da Secretaria Municipal da Saúde. Os resultados foram apresentados em meio a uma coletiva de imprensa. “Mantemos o uso das máscaras na cidade de São Paulo, devendo fazer uma nova avaliação no início do mês de dezembro”, afirmou Edson Aparecido, secretário municipal da Saúde, na ocasião.

O estudo considerou indicadores epidemiológicos que mostram o nível de transmissão comunitária, classificados em três níveis: adequado, moderado e limitado. Com isso, chegou à conclusão de que a capital paulista está no nível 2 de transmissão da doença.

Uso de máscara continua obrigatório na capital de SP até dezembro (Imagem: Long Truong/unsplash)
Uso de máscara continua obrigatório na capital de SP até dezembro (Imagem: Long Truong/unsplash)

A decisão de manter a obrigatoriedade do uso de máscaras também se deu através de indicadores como a letalidade de SRAG por COVID-19, as novas internações por covid e as solicitações de novas internações. No final de outubro, a previsão era que a regra permaneceria até o início de novembro. Já no que diz respeito ao Estado, a flexibilização da medida depende da manutenção de tendência de queda de casos, internações e mortes pela doença.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos