Mercado abrirá em 7 h 39 min

Usiminas tem queda de 77% no lucro do 2° tri com impacto cambial

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - A siderúrgica Usiminas divulgou nesta sexta-feira queda de 77% no lucro líquido do segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, resultado impactado negativamente por perdas com câmbio, mas praticamente em linha com a projeção do mercado.

A empresa teve lucro líquido de 1,06 bilhão de reais no trimestre, praticamente em linha com expectativa de analistas, de 1,05 bilhão, segundo pesquisa da Refinitiv.

A receita líquida da empresa totalizou 8,53 bilhões de reais, recuo de 11% na base anual, ante estimativa do mercado de 8,34 bilhões.

O desempenho trimestral foi ligeiramente ajudado pela divisão de mineração da empresa, que reportou alta de 16% nas vendas de minério de ferro ante um ano antes e avanço de 48% contra um fraco primeiro trimestre, quando as operações foram atingidas por fortes chuvas no Brasil.

A divisão de siderurgia da Usiminas, por outro lado, viu as vendas caírem 17% diante do recuo na produção, com o alto-forno 2 parado para reparos desde setembro de 2021 após um acidente.

No entanto, a empresa disse pela manhã que seu conselho de administração aprovou a retomada do equipamento até o final de outubro - embora tenha alertado que suas coquerias na usina de Ipatinga (MG) sigam apresentando menor disponibilidade de produção.

Paralelamente, a Usiminas divulgou projeção de vendas de 950 mil a 1,05 milhão de toneladas de aço no terceiro trimestre, abaixo do volume de 1,09 milhão de toneladas reportado nos três meses até o final de junho. No terceiro trimestre de 2021, as vendas atingiram 1,2 milhão de toneladas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos