Mercado abrirá em 2 h 10 min
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,31
    +0,55 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.799,70
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    62.777,86
    +1.910,07 (+3,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.238,07
    +33,52 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.373,75
    +32,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5781
    -0,0027 (-0,04%)
     

Uruguai quer incentivar empréstimos com foco em meio ambiente

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Uruguai planeja pressionar por empréstimos multilaterais mais baratos para países que implementam políticas ambientais fortes, disse Azucena Arbeleche, ministra de Economia e Finanças, enquanto o país se prepara para assumir a liderança de um importante comitê do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional.

Most Read from Bloomberg

“Isso se aplicaria não apenas a títulos emitidos em mercados de capitais, mas poderia incluir empréstimos desembolsados por agências multilaterais”, disse Arbeleche em entrevista na embaixada do Uruguai em Washington.

Como presidente do Comitê de Desenvolvimento a partir do próximo mês, Arbeleche disse que também ajudará países em desenvolvimento a obter financiamento para combater a mudança climática e “cumprir metas climáticas mais ambiciosas”, bem como promover um acesso mais equitativo às vacinas contra a Covid-19.

A iniciativa chega quando títulos verdes e atrelados à sustentabilidade ganham popularidade entre empresas e governos: até setembro, as emissões haviam subido para US$ 424 bilhões, segundo dados compilados pela Bloomberg.

O comitê é um fórum de nível ministerial do Banco Mundial e do FMI para buscar consenso intergovernamental sobre questões de desenvolvimento. Arbeleche presidirá o comitê até outubro de 2022.

O Uruguai trabalha em seu próprio título verde que lhe permitiria obter financiamento para gastos em geral, em vez de destinar fundos para programas ambientais ou sociais específicos, como tem sido o caso de títulos verdes soberanos vendidos por outros países, disse a ministra. Arbeleche não quis comentar sobre o prazo da emissão que, segundo ela, seria a primeira desse tipo no mercado de títulos soberanos.

O país também pode vender ainda este ano seu primeiro título denominado em iene em uma década. O governo uruguaio encerrou um roadshow preliminar com investidores japoneses há duas semanas, disse Herman Kamil, diretor da unidade de gestão de dívida do Ministério de Economia e Finanças.

“Ainda precisamos acertar as condições financeiras da possível emissão”, disse.

Durante a entrevista, a ministra disse que o país está no caminho para crescer 3,5% em 2021. “O Uruguai caminha para um ponto de inflexão na batalha contra a pandemia e já vemos sinais claros de que a recuperação está em andamento”, afirmou.

O Uruguai também conversa com outros países sobre possíveis pactos comerciais. Arbeleche está otimista de que Uruguai e China poderiam fechar um acordo de livre comércio.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos