Mercado abrirá em 3 h 43 min

Uruguai decide fechar parcialmente as fronteiras após casos de coronavírus

Folhapress

Desembarque de cruzeiros está proibido e todos os espetáculos públicos foram cancelados Após a confirmação dos quatro primeiros casos de coronavírus no país, o governo uruguaio declarou emergência sanitária em todo seu território e anunciou o fechamento parcial de suas fronteiras na noite desta sexta-feira (13).

Segundo o presidente Luis Lacalle Pou, qualquer passageiro que chegar de um país considerado de risco terá obrigatoriamente de ficar de quarentena - a lista atualmente inclui China, Coreia do Sul, Japão, Cingapura, Irã, Itália, França e Alemanha, mas pode ser atualizada a qualquer momento.

Além disso, o desembarque de cruzeiros está proibido e todos os espetáculos públicos foram cancelados.