Mercado abrirá em 3 h 55 min

Universidade será leiloada para pagar dívida por cópia pirata do Windows

Divulgação/Universidade Cândido Mendes

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK
SIGA O YAHOO BRASIL NO FACEBOOK

A Universidade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, poderá ter sua sede leiloada para pagar R$ 4,3 milhões correspondente a honorários dos advogados de um processo movido pela Microsoft pela utilização de cópia pirata do Windows.  O estabelecimento de ensino foi considerado culpado pelo crime de pirataria, depois de usar versões não originais do sistema operacional. Nesta semana, a 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro aceitou o recurso da gigante de tecnologia e autorizou o leilão do prédio, que fica em Ipanema, zona sul da cidade.

O edifício tem sete andares e é avaliado em R$ 128 milhões e foi oferecido pela direção da Cândido Mendes como garantia de pagamento da dívida, que não foi paga integralmente.

O processo não é novo. De acordo com o jornal Extra, a Microsoft entrou na justiça contra a universidade em 2000. A irregularidade foi constatada por laudos periciais que foram apresentados na disputa. Em novembro do ano passado houve uma tentativa de leiloar a sede, que conta até com um cinema e um teatro. O problema na época teria sido o lance inicial, que não atraiu interessados.

 

*Notícia atualizada em 04 de outubro de 2017.