Mercado fechará em 4 hs
  • BOVESPA

    103.385,72
    +1.161,46 (+1,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.485,08
    -7,44 (-0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,14
    +3,99 (+5,85%)
     
  • OURO

    1.791,30
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    57.077,77
    +2.647,68 (+4,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.429,38
    +0,45 (+0,03%)
     
  • S&P500

    4.641,10
    +46,48 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    34.999,26
    +99,92 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.151,01
    +106,98 (+1,52%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.260,75
    +209,75 (+1,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3252
    -0,0233 (-0,37%)
     

Universidade escocesa devolve Bronze do Benin saqueado à Nigéria

·1 min de leitura
Escultura em bronze que representa o obá (rei) de Benin devolvida à Nigéria pela Universidade de Aberdeen, na Escócia

Por Estelle Shirbon

LONDRES (Reuters) - Uma universidade escocesa devolverá nesta quinta-feira a uma delegação da Nigéria um Bronze do Benin que foi um dos milhares saqueados por soldados britânicos em 1897, tornando-se a terceira instituição europeia em dois dias a restituir artefatos culturais aos seus lares africanos.

A escultura representa a cabeça de um obá, ou rei, do outrora poderoso Reino do Benin, localizado onde hoje está a Nigéria. Os bronzes roubados de sua corte real estão entre os objetos mais significativos da herança africana e se encontram principalmente na Europa.

A Universidade de Aberdeen adquiriu a cabeça de bronze em um leilão em 1957. Após uma análise recente de sua proveniência, que confirmou se tratar de um dos itens saqueados, a escola contactou as autoridades nigerianas para se oferecer a devolvê-la.

"Ao longo dos últimos 40 anos, os Bronzes do Benin se tornaram símbolos importantes da injustiça", disse o professor George Boyne, reitor e vice-chanceler da universidade, em um comunicado antes da cerimônia de devolução.

"Não teria sido certo ter retido um item de significado cultural tão grande que foi adquirido em circunstâncias tão repreensíveis."

O atual obá do Benin, Ewuare 2º, disse que os bronzes estão "imbuídos com o espírito do povo do qual foram tomados", acrescentando que espera que o "ato nobre" da universidade escocesa inspire outras instituições a seguirem o exemplo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos